• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Trabalhador ‘comportado’ não sofre acidente. O quê

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Comportamento preventivo (Foto Pixabay)

Na minha opinião, tudo que dá errado neste planeta, tem o dedo do ser humano. Evidentemente, nesta lógica, tudo que dá certo, também é fruto do bem que o homem promove. Agora, se há um Ser Superior que poderia transformar a Terra em paraíso, aí não entro no mérito, pois este blog é sobre saúde e segurança do trabalho. Faço essa introdução porque, além das normas regulamentadoras e legislações na prevenção dos acidentes de trabalho, sabemos que as estatísticas reais são sombrias e os especialistas, não aqueles da Globo News, mas os de segurança do trabalho, estudam sobre o comportamento humano para evitar acidentes.

Será que há comportamentos de trabalhadores que podem atuar de forma preventiva, evitando os infortúnios laborais? Uma coisa é certa, existem “erros” cometidos durante a execução do trabalho que podem levar a acidentes, sim. É claro que ninguém age deliberadamente para cometer tragédias, mas a forma de agir dentro de uma organização produtiva, às vezes, por desvios técnicos e comportamentais, podem levar aos acidentes. Os profissionais de segurança do trabalho conhecem, por exemplo, a teoria do Queijo Suíço. Segundo essa teoria, os seres humanos são imperfeitos e, assim, cometem erros. Nas organizações, os erros têm origem em fatores sistêmicos, que estão acima da natureza humana. Vamos imaginar as fatias de um queijo suíço, cheias de buracos (falhas, erros) que estão posicionados em diferentes momentos e tamanhos. Como estamos pensando em camadas, estes buracos em uma camada são inofensivos, mas quando há um alinhamento deles nas diferentes camadas, ocorre a possibilidade de um evento perigoso.

Pela teoria, as defesas e barreiras aos riscos devem funcionar como a chave para a segurança das pessoas. O tema é vasto e empolgante, mas para não começar com bolodório, vale a pena entender que os fatores humanos podem ser, sim, a chave para uma atuação preventiva, evitando os acidentes ocupacionais.

 CLIQUE NO PLAY DO THUMBNAIL ABAIXO E OUÇA O TERCEIRO EPISÓDIO DE PROTEÇÃO SOLAR, QUINTO DA SÉRIE PREVENIR SEMPRE POD


Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.

Um Comentário

  1. Jose Augusto da Silva Filho

    Emily ministro palestras e treinamentos sobre esta matéria. Segurança Baseada em Comportamento – SBC. Caso haja interesse por parte dos profissionais em SST é só fazer contato: augusto@js.srv.br
    Um grande abraço e bom trabalho.
    Zé Augusto

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.