• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Acidentes com emissão de gases tóxicos com danos e riscos à saúde da população não podem ser esquecidos

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Com preocupação acompanho a recorrência de acidentes na Baixada Santista, especialmente desde janeiro de 2015 até hoje. Sou cética e incrédula, mas faço minha parte neste blog, batendo na tecla da prevenção. Porém, não adianta ficar tagarelando, se quem de fato e de direito tem obrigação por cuidar de medidas de prevenção e fiscalização não faz sua parte.

Ultracargo, um ano depois. Moderno sistema de combate a incêndio. Então, o que deu errado?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Em 2 de abril do ano passado, um incêndio no terminal químico de Aratu/Tequimar, do Grupo Ultracargo, zona industrial de Santos (72 km de São Paulo), em que foi preciso um combate ao fogo de duração de 192 horas, registrou um dos piores da história do País.

A cadeia produtiva das chamadas substâncias perigosas agradece a NR 20

Por Emily Sobral

Para não demonstrar desgosto, prefiro ser irônica: quer dizer que a Ultracargo, dona do Terminal Intermodal de Santos (SP), que, em abril de 2015, ardeu em chamas num incêndio industrial de nove dias, considerado um dos piores da história do País, em agosto do ano passado, apoiou o Prêmio Comunidade em Ação?

Tanques queimaram no terminal da Ultracargo, causando destruição. E a espuma de combate atravessou o Atlântico para o combate

O incêndio que ocorreu no terminal químico de Aratu/Tequimar, do Grupo Ultracargo, zona industrial de Santos (72 km de São Paulo), que queimou durante dias, já está sendo considerado pelos profissionais da área como um dos piores da história do País. Os prejuízos ao meio ambiente, seres humanos e econômicos ainda não foram mensurados. Porém,