• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Incêndio em hospital no Rio expõe falta de prevenção nesse tipo de instalação

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Basta acontecer uma tragédia com divulgação maciça nas TVs, para despertar a comoção popular. Assim, as equipes de reportagens das mídias ficam esmiunçando as causas por semanas a fio até o assunto ser esquecido, para dar lugar a outro fato que retroalimenta nossas tragédias e perplexidades.

Trago neste post o caso do incêndio no Hospital Badim,

Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho: o blog adverte que, em segurança do trabalho, o que vale é a prevenção

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Em meados de 1994, o eletricista de manutenção Wesley Almeida perdeu os dois braços durante um acidente de trabalho. Ao testar o disjuntor com o circuito reenergizado, ele levou um choque elétrico de 3 mil volts, que mudou sua vida. Segundo conta num vídeo no youtube,

Ultracargo, um ano depois. Moderno sistema de combate a incêndio. Então, o que deu errado?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Em 2 de abril do ano passado, um incêndio no terminal químico de Aratu/Tequimar, do Grupo Ultracargo, zona industrial de Santos (72 km de São Paulo), em que foi preciso um combate ao fogo de duração de 192 horas, registrou um dos piores da história do País.