• Extingue
    Extingue
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Motofrentista, previna-se contra um corte no pescoço por linha de cerol

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Mesmo com os celulares reinando absoluto entre a molecada, quando chegam as férias, certas brincadeiras voltam à moda. Exemplo: soltar pira ou raia. Assim, dou uma dica aos motoqueiros e motoqueiras: se ainda não instalaram a antena pega-cerol em tempos de pipa, façam isso agora.

Os auditores da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho da Secretaria de Trabalho precisam dar atenção aos representantes dos trabalhadores e empregadores

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Tenho escrito neste blog que os problemas gerados pelos anúncios do governo Bolsonaro de mudanças nas normas regulamentadoras de prevenção de doenças e acidentes do trabalho, bem como a extinção do Ministério do Trabalho, substituição do eSocial por outros sistemas de informações trabalhistas, estão relacionados à falta de interlocução entre os auditores fiscais destacados como novos responsáveis pelas políticas de SST e os líderes dos trabalhadores.

eSocial vai ser extinto, e a CIPA facultativa

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Os profissionais de saúde e segurança do trabalho estão incrédulos com o anúncio da extinção, em janeiro de 2020, do eSocial, Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas. Os profissionais preparavam-se desde 2014 para dominar e utilizar o sistema do eSocial,

Corra e entenda da NR 37, antes que seja extinta

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Certa feita, o grande compositor e cantor Tom Jobim disse: “o Brasil não é para principiantes”. Por que lembro Tom para falar de segurança do trabalho? Pois bem, imagine os profissionais de SST sem saberem se as normas regulamentadoras vão ser extintas pelo atual governo,

Robô não se acidenta, nem fica doente. Como é a atuação do trabalhador na indústria 4.0?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Não faço parte da geração Y, porque não nasci em fins dos anos 70 e início dos anos 90. Mas, como jornalista, acompanho os grandes avanços tecnológicos e a prosperidade econômica. Interessa-me também o mercado de trabalho e, especialmente, a saúde e segurança dos trabalhadores em diversos setores de atuação.

Debate nacional: atualização, sim, flexibilização, não. É o que pensa a categoria de SST

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Poderia ter sido o início de uma interlocução, mais do que necessária, entre os profissionais que trabalham na gestão de segurança do trabalho das empresas e os servidores do governo lotados nas secretarias de Inspeção do Trabalho, do Ministério da Economia, responsáveis pela aplicação das normas regulamentadoras.

Hierarquia no Sesmt

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Entre as especulações sobre as mudanças das normas regulamentadoras (NR) no governo Bolsonaro está a NR 4, que criou o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT).

Quem trabalha com segurança do trabalho, com certeza, precisa referir-se ao Sesmt muitas vezes por mês.

Gestantes estão livres pelos paladinos do STF de trabalhar em local insalubre

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Como a maioria dos brasileiros, também tenho inúmeras restrições às decisões do Supremo Tribunal Federal (STF). Os onzes togados acham-se acima do bem e do mal, comem lagostas com nosso dinheiro e, pior, nos últimos tempos decidiram legislar, o que é apenas uma prerrogativa do poder legislativo.

Como melhorar a segurança do trabalho em portos e embarcações marítimas?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Há normas regulamentadoras específicas, como a NR 29, de Segurança e Saúde no Trabalho Portuário, e a NR 30, de SST em atividade aquaviária, mas a realidade dos portos brasileiros mostra que os trabalhadores que laboram nesses setores continuam expostos aos riscos, seja devido ao acidente de trabalho típico ou à doença ocupacional.

Nova presidente da Fundacentro: minhas impressões sobre ela

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Não li toda a entrevista da presidente da Fundacentro, Marina Brito Battilani, concedida à revista Proteção do mês de maio. Mas já gostei dela. A jovem advogada, que é do Paraná, mudou-se para São Paulo e, em 2012, após aprovação em concurso público, passou a integrar a Procuradoria-Geral Federal da Advocacia-Geral da União.