• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Depois de duas tragédias com mineradoras, altera-se a NR 22. Será suficiente?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Em se tratando de leis, sua aplicação e fiscalização, o Brasil é uma desmoralização completa. Veja o exemplo de duas grandes tragédias no setor de mineração, primeiramente, com o rompimento da barragem de Fundão, da mineradora Samarco, em 2015, e depois,

Tragédia da Samarco em Mariana: quase dois anos se passaram

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O maior desastre ambiental do País, o rompimento da barragem de rejeitos do Fundão da mineradora Samarco, em Mariana (MG), que devastou o distrito de Bento Rodrigues, deixando para trás mortos, desabrigados e impactos ambientais incalculáveis, vai completar dois anos em novembro.

Por causa da tragédia da Samarco, pesquisadores vão estudar os riscos de mineradoras

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Que a tragédia da mineradora Samarco, que ocorreu no ano passado, em Mariana (MG), já entrou para os anais da irresponsabilidade e negligência, ninguém duvida. O caso está na Justiça, mas como se sabe, no Brasil, para que os culpados sejam punidos, e as vítimas ressarcidas,

Samarco contratou engenheiros independentes para avaliar as condições das barragens. Pena que foram iludidos pelas más intenções da empresa

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Há certos assuntos que causam mal-estar até em escrever, pois os artifícios para burlar condutas de segurança são asquerosos. A vida humana e o meio ambiente devem ser preservados, não ignorados. Desde que ocorreu, no ano passado, a tragédia nas barragens da Samarco, em Mariana (MG),

Samarco não fez a prevenção que deveria

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Já escrevi outros textos a respeito da tragédia da mineradora Samarco. Uma das primeiras questões levantadas foi o que deu errado em seu plano de prevenção de acidentes? E qual falha teria ocorrido na gestão de saúde e segurança do trabalho? Lembrei, nos primeiros posts,

Samarco, cadê o plano de emergência da mineradora em Mariana?

“Se quiser a paz, prepara-se para a guerra. Se quer a prevenção, prepara-se para a tragédia”, a frase adaptada pelo engenheiro de segurança do trabalho e professor de pós-graduação na área, Celso Atienza, remete à tragédia de Mariana, Minas Gerais. Para o especialista, a catástrofe que ocorreu na mineradora Samarco no início de novembro, com sérios desdobramentos,

Este blog quer saber de quem é a responsabilidade por esta tragédia na mineradora, em Mariana, MG

Enquanto não consigo falar com os porta-vozes pela Samarco, responsável pelas barragens Fundão e Santarém, na unidade de Germano, nos municípios de Mariana e Ouro Preto, em Minas Gerais, não posso deixar de citar esta tragédia de grandes proporções, em que os prejuízos humanos e ambientais ainda estão sendo contabilizados.

Na homepage da empresa,