• Extingue
    Extingue
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Dê sua sugestão às modernizações das normas. Não deixe os especialistas decidirem sozinhos

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Em vez de reclamar, vamos participar. Pois é, as audiências públicas sobre a modernização das Normas Regulamentadoras de Segurança e Saúde no Trabalho estão sendo realizadas na sede da Fundacentro, em São Paulo, hoje (10) e 11 amanhã.

A NR 7 (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional),

Não faça exame ‘dimissional’, faça o admissional

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

“Emily, não poderei ir consertar a porta (empenada) da sua casa, pois hoje terei exame ‘dimissional’. Começo a trabalhar contratado numa empresa esta semana”, disse Rodrigo M., marceneiro, dando-me satisfação do porquê não iria resolver a caca que aprontou na minha porta de correr. Mas, independentemente do ‘furo’ que acabava de me comunicar,

Programas de prevenção devem ser fundamentados na cultura da segurança

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Para garantir a proteção e segurança do trabalhador, as empresas precisam elaborar programas de segurança e saúde no trabalho orientados ao atendimento à legislação sobre o tema. No entanto, os programas meramente legalistas, submetidos à fiscalização do estado, não são suficientes para garantir a efetiva preservação da integridade física e psicológica dos empregados.

Profissionais da saúde não podem ter sarampo, não é?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O Brasil não é para os fracos, não é mesmo? Ultimamente voltamos a ver as doenças que já estavam erradicadas retornarem e ameaçarem a população, como, por exemplo, o sarampo. Entre os profissionais de saúde, as medidas de prevenção contra o sarampo precisam ser bem direcionadas e efetivas.

NR 1 alterada e com mais objetividade

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral6

Vou começar pelo começo, falando das mudanças da Norma Regulamentadora 1, que determina que as normas regulamentadoras, relativas à segurança e medicina do trabalho, tornam-se obrigatórias para todas as empresas privadas e públicas, além dos órgãos públicos da administração direta e indireta, desde que possuam empregados regidos de acordo com a CLT.

Antes botina, hoje, calçado de segurança

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Já estou agendando uma gravação, juntamente com Dorothea Piratininga e Eduardo Elias, para uma nova série do Prevenir Sempre Pod. Desta vez, conversaremos sobre os calçados de segurança. Mas antes do podcast, quero abordar alguns aspectos sobre o tema aqui neste blog.

Ora,

Como será a nova NR 17?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O governo já começou a fazer as mudanças nas normas regulamentadoras de segurança do trabalho, que muitos chamam de retrocesso. Melhorar a redação das NRs e simplificar procedimentos é retrocesso? Só na cabeça de quem pensa apenas em seus próprios interesses, típico de grupos políticos inescrupulosos e que afundaram o País,

Áreas classificadas? Risco de explosão? Sem conhecimento, não há solução

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Quem me segue neste blog sabe que a categoria de áreas classificadas tem muita importância aqui. Indústrias ou ambientes com processos passíveis de gerar atmosferas explosivas precisam ser ‘classificadas’ para prevenir contra esses riscos de tragédias.  Classificar uma área dentro da indústria significa elaborar um mapa de categoria que especifica,

Descaso no IML: entre mortos e riscos aos vivos

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Imagine o Ministério Público do Trabalho atestar, depois de avaliar  o Instituto Médico Legal (IML) do estado, que o ambiente de trabalho é insalubre, pois não há ventilação adequada, a drenagem de fluidos e secreções humanas são feitas por tubulações mal adaptadas, faltam pias para higiene na entrada e saída da sala de exame.

É melhor implantar ferramentas para a prevenção de acidentes, em vez de chorar a perda de trabalhadores

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Todo mundo conhece a fama do brasileiro de só colocar a tranca na porta depois que foi invadido e roubado. Então, vamos entender essa lógica enviesada para a segurança do trabalho nas empresas.

Nem mesmo a obrigatoriedade das normas regulamentadoras de segurança empolga os empregadores, pois consideram gastos em vez de investimento.