• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Trabalhador ‘comportado’ não sofre acidente. O quê

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Na minha opinião, tudo que dá errado neste planeta, tem o dedo do ser humano. Evidentemente, nesta lógica, tudo que dá certo, também é fruto do bem que o homem promove. Agora, se há um Ser Superior que poderia transformar a Terra em paraíso, aí não entro no mérito,

NR 28 já foi alterada e publicada: mais enxuta e no alvo

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

No Brasil dos últimos governos, a agilidade dos políticos, combinada com o alto escalão de servidores públicos e diretores de estatais, era um fenômeno! A competência para a prática da corrupção e desvios era de dar inveja aos cidadãos que precisam de saúde, educação e segurança. No dia a dia dos setores produtivos,

Áreas classificadas? Risco de explosão? Sem conhecimento, não há solução

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Quem me segue neste blog sabe que a categoria de áreas classificadas tem muita importância aqui. Indústrias ou ambientes com processos passíveis de gerar atmosferas explosivas precisam ser ‘classificadas’ para prevenir contra esses riscos de tragédias.  Classificar uma área dentro da indústria significa elaborar um mapa de categoria que especifica,

É melhor implantar ferramentas para a prevenção de acidentes, em vez de chorar a perda de trabalhadores

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Todo mundo conhece a fama do brasileiro de só colocar a tranca na porta depois que foi invadido e roubado. Então, vamos entender essa lógica enviesada para a segurança do trabalho nas empresas.

Nem mesmo a obrigatoriedade das normas regulamentadoras de segurança empolga os empregadores, pois consideram gastos em vez de investimento.

Profissional de segurança do trabalho acima da média e sem ser tosco

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Ao longo de dez anos cobrindo continuamente o setor de saúde e segurança do trabalho entrevistei muitos profissionais e suas especialidades, desde engenheiro e técnico de segurança do trabalho, médico do trabalho, ergonomista, perito etc.

A equipe que trabalha no Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) é multidisciplinar.

Construção civil precisa melhorar a segurança dos trabalhadores

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

 

Não tem jeito, mas a gestão em saúde e segurança do trabalhador no setor de construção civil continua sendo um desafio aos profissionais de segurança do trabalho. Independentemente do empenho desses profissionais, é preciso ainda se buscar a adesão das construtoras no cumprimento das normas regulamentadoras.