• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Reabilitação profissional do trabalhador acidentado: quantas vezes você recebeu informação clara sobre isso?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Bom, é isso, leitor, se você é trabalhador e sofreu um acidente de trabalho ou mesmo outro tipo de acidente que o impede de voltar a exercer sua profissão, fique esperto com seus direitos. A Previdência Social não o informa adequadamente, e muitos dos servidores do Instituto não estão nem aí com o que você precisa saber.

Atuais condições de saúde ocupacional dos caminhoneiros

A reação da sociedade diante da greve dos caminhoneiros e as concessões feitas pelo governo mostram que o Brasil está revoltado. Além da questão financeira, há um aspecto crucial na vida dos profissionais que cortam as rodovias do País, transportando o PIB nacional. Melero, profissional competente na área de saúde e segurança do trabalho, escreve sobre o que todos devemos saber: os caminhoneiros demonstraram que estão à beira de um ataque de nervos,

Trabalhador, diga não à hipertensão!

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O dia de trabalho foi estressante, pois seu chefe o espremeu como um limão para fazer suco? Cuidado, então, com a pressão arterial!

De acordo com dados da Previdência Social, de 2013 a 2017, houve 67.111 afastamentos de trabalhadores por hipertensão no Brasil.

Policiais querem regime diferenciado no projeto de reforma da Previdência. É justo?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Agora que o Carnaval acabou, a reforma da Previdência proposta pelo governo vai ser uma querela e tanto. Já havia começado, pois está no Congresso, onde as discursões parecem que vão esquentar. Acredito que haja golpes dignos de MMA. Espero que, durante o ápice do debate,

Conselho da Previdência Social corrige incoerência do FAP no acidente de trajeto

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A decisão tomada pelo Conselho Nacional de Previdência Social, em novembro, finalmente, revela bom senso. A partir de 2017, as empresas não precisarão mais comunicar acidentes de trabalho (emitirem a CAT à previdência) que levem a afastamento por até 15 dias e também deixarão de comunicar todos os acidentes de trajeto.

Auxílio-doença na mira da Previdência. Fazer o quê?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Vou voltar a um assunto polêmico sem medo de levar chibatada. Afinal, não é possível que a vitimização e o populismo presentes em países como o Brasil enterrem o bom senso e a racionalidade. Trata-se da Medida Provisória nº 739, que visa ‘auditar’ o benefício de auxílio-doença concedido aos segurados.

12