• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Melhor trabalhar em pé ou a pé? Talvez, sentado

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Quem é carteiro, responsável por entregar as correspondências na casa dos clientes, sabe que terá de caminhar alguns quilômetros por dia. Mas essa atividade profissional em que se anda a pé rotineiramente traz benefícios por ser aeróbica e, melhor, ajuda a emagrecer, com reflexos no controle da pressão arterial e diabetes.

Boa notícia: indústrias de cimento vão reduzir o peso dos sacos do produto

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Vamos combinar que as notícias divulgadas diariamente desanimam qualquer cidadão, especialmente os que ainda acreditam em Papai Noel. Mas, felizmente, também há situações que mostram o contrário.

Na área de prevenção contra doenças e acidentes do trabalho, faço o devido alarde a um fato ocorrido esta semana,

Trabalhador de limpeza: excesso de suor e falta de segurança

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Será que as empresas que prestam serviços de limpeza, anunciando serem perfeitas em excelência e qualidade, cuidam da saúde de seus empregados? Pois é, não nos esqueçamos de que é o trabalhador de limpeza que estará na linha de frente para cumprir todas as promessas feitas ao cliente pela terceirizada,

É possível livrar-se das doenças osteomusculares, que tanto afastam trabalhadores

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

As doenças musculoesqueléticas (DMEs) recorrentes resultam em muitos afastamentos de trabalhadores por queixas ortopédicas e geram prejuízos às empresas, que precisam repor a força produtiva. As DMEs são a principal causa da incapacidade e do absenteísmo de assalariados, seja qual for a base de dados analisada do Anuário Estatístico da Previdência Social às pesquisas de consultorias de gestão em saúde.

Situação dos condutores de ambulância será investigada pelo MPT

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Este mês, o Ministério Público do Trabalho (MPT) avisou que vai investigar as condições de trabalho de motoristas de ambulância. Problemas para a categoria não faltam: sucateamento dos veículos, contaminação, uso inadequado de materiais hospitalares e falta de fiscalização.

O procurador do Trabalho e coordenador de Combate às Irregularidades Trabalhistas na Administração Pública (Conap),