• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

E a aplicação de agrotóxicos no meio rural? Como proteger os trabalhadores?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Hoje faço uma reflexão sobre o instrutivo texto de Luiz Carlos Castanheira, engenheiro agrônomo, de segurança do trabalho e membro do Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS), que escreveu para a revista CIPA sobre os perigos e riscos mais comuns que acometem profissionais que laboram com produtos fitossanitários.

Trabalhador rural deve ser bem tratado, até pela importância do PIB do setor

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Quem vê os dados da produção do agronegócio do País, com uma expectativa em 2017, de que o Produto Interno Bruto (PIB) agrícola e pecuário cresça 3,61%, deve acreditar que ‘Deus é mesmo brasileiro’. Sabe-se lá se este ano o PIB geral do Brasil consiga ser positivo.

NR 31 e sua utilidade para prevenção no trabalho rural

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A prevenção de doenças e acidentes de trabalho no meio rural esteve em discussão recente em evento em Dourados, em Mato Grosso do Sul. Os sojicultores conheceram algumas técnicas de coinoculação, que consiste em combinar a prática da inoculação das sementes com bactérias de Bradyrhizobium para a soja.

Atividade rural não pode acidentar tantos trabalhadores – algo precisa ser feito

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O trabalho na agricultura nacional ainda tem resquícios do Brasil colônia, ainda que estejamos no século XXI. Lideramos em número de acidentes fatais com máquinas agrícolas, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT). Aqui, a Confederação Nacional da Agricultura (CNA) informa que há uma média de 70 acidentes fatais por ano.

Dez anos de NR -31

A norma regulamentadora 31, sobre SST na agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal e aquicultura, já completou dez anos. Sua publicação em 2005, foi, sem dúvida nenhuma, uma evolução, ainda que antes tenha gerado tanta polêmica. Até hoje o texto da norma é amplamente debatido pelos representantes do setor. O que não se deve esquecer são os problemas enfrentados na área rural,