• Extingue
    Extingue
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Onde está o risco ocupacional?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Reconhecer os agentes nocivos presentes em ambientes produtivos é etapa inicial, que antecede as medidas de proteção e prevenção. O reconhecimento dos riscos significa identificá-los e quais os trabalhadores estão expostos de forma qualitativa. Além de identificar o tipo, deve-se precisar a quantidade, sabendo se os níveis estão acima ou não do limite de tolerância,

Soldador consciente não aceita aspirar fumo de solda

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Por ser tão essencial na cadeia de fabricação de diversos produtos manufaturados, a atividade do soldador precisa da devida atenção por parte dos profissionais de segurança do trabalho. Os fumos de solda são partículas finas, oriundas do eletrodo e do material soldado, que se vaporizam e depois solidificam-se.

Exposição ao agente de risco: permanente ou eventual define direito ao adicional de insalubridade

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A condição de insalubridade e periculosidade no ambiente de trabalho gera muita controvérsia. Em geral, toda essa mixórdia despeja-se nos tribunais que recebem as ações de trabalhadores que requerem o adicional de insalubridade. Pedreiro quer receber adicional de insalubridade por ter tido contato com cimento?

Como trabalhar em frigorífico seguro de que não vai morrer de frio

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Trago sempre neste blog o tema de segurança dos trabalhadores de frigoríficos, pois os riscos das atividades em ambiente com variação de temperatura não é mole não. Imagino que a J&F, holding por meio da qual a família Batista controla o frigorífico JBS, é uma das maiores empregadoras do País,

Minha empresa é 100% administrativa, preciso ter os laudos de insalubridade e periculosidade?

Hoje, sexta-feira (22), convido Renan Ragazini, engenheiro de segurança do trabalho, com 10 anos de experiência no segmento de Segurança e Saúde Ocupacional na Porto Seguro, para me substituir. Ele apresenta um tema que gera muitas dúvidas no setor e, felizmente, com o post esclarece e presta um serviço ao blog. Valeu, Renan, a folga que você me propiciou e,

Convenção de Minamata é um passo na proteção definitiva contra a contaminação pelo mercúrio, mas antes há muitas ações previstas nas NRs

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O metal mercúrio é altamente tóxico e causador de doenças neurológicas, entre outras graves patologias. Utilizado em processos industriais, como a produção de lâmpadas fluorescentes, o mercúrio e sua inalação é um risco aos trabalhadores. O mercúrio é transportado dos pulmões pelo sangue ao organismo,

Com o eSocial, o laudo de insalubridade será obrigatório

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Ambientes insalubres estão em várias atividades de trabalho. Se o local é nocivo aos empregados, expondo-os aos agentes agressivos à saúde, medidas de proteção precisam ser tomadas, não é?

Duas profissões que parecem opostas, como o gari e o médico, por exemplo,

É importante medir corretamente o calor dos ambientes de trabalho

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Vamos ao calor, mas sem temperatura elevada e sem estresse. Só pretendo descomplicar os temas técnicos que surgem no dia a dia da segurança do trabalho. Há muitas dúvidas na aplicação da legislação para que uma empresa possa atuar corretamente. Com certeza, nenhuma gosta de receber multa pela fiscalização do Ministério do Trabalho.

Adicional de insalubridade: tenho direito?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Vou ser sincera ao expor a minha opinião sobre os adicionais de insalubridade e periculosidade previstos na Consolidação das Leis Trabalhistas, CLT.

Sou contra, pois considero que a saúde não pode ser trocada por alguns reais. Acho que os programas sérios de medidas contra os riscos ambientais,

Interpretar como se mede o ruído no ambiente ocupacional é essencial para a boa gestão de SST

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O ruído e suas consequências para os trabalhadores requerem entendimento técnico e interesse das empresas em buscar a redução de danos. Há questões que despertam dúvidas, especialmente para os que manejam as ações de prevenção de doenças e acidentes do trabalho. O profissional dessa área que não tem um conhecimento mais ampliado dos requisitos da norma não vai saber avaliar os limites de tolerância para preservar a audição do empregador exposto ao demasiado ruído ocupacional.

12