• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Entender o incidente é prevenir o acidente

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Um dos grandes problemas da humanidade é não saber diferenciar alhos de bugalhos. Desculpe-me a expressão trivial, mas para escrever sobre o contraste entre acidente e incidente de trabalho, lembrei-me das duas palavras com sílabas semelhantes. Ora, o incidente é uma ocorrência que pode levar ao acidente.

Mudança nas NRs: é preciso haver clareza e aplicabilidade, pois segurança não deve ser custo, mas investimento

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Sem dúvida, a área de saúde e segurança do trabalho vive um momento de expectativa em função da reforma normativa iniciado pelo Governo Federal, que fará profundas mudanças no setor. Normas regulamentadoras sendo revistas ou extintas trazem a ânsia de saber se será a política deste governo um incentivo à permissividade dos empregadores em não proteger a segurança dos seus empregados.

Caso do Ninho do Urubu tem algo de parecido com a boate Kiss

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Mais um capítulo processual do incêndio no Ninho do Urubu, em que dez jogadores da base do Flamengo morreram e três ficaram feridos, em fevereiro. O Ministério Público do Rio (MP) devolveu na semana passada à Polícia Civil o inquérito, considerando insuficientes as provas para denunciar à Justiça os dez indiciados no caso,

Brumadinho e CT do Flamengo. Qual a lição a ser tomada?

Hoje, sexta-feira, cedo espaço para Leandro Melero, analista de segurança do trabalho na Porto Seguro, que me substitui no lavor diário, trazendo um texto original e opinativo. Com o post, Melero faz uma excelente reflexão sobre a negligência, que é bem diferente de fatalidade.

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Por Leandro Melero

Em tragédias de comoção nacional como as do Córrego do Feijão em Minas Gerais e Ninho do Urubu no Rio de Janeiro,

Acidente de trabalho em Brumadinho, MG. Este blog reafirma seu slogan: “segurança do trabalho: o que vale é a prevenção”, mas a Vale não pensa assim

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Estou cobrindo o setor de segurança do trabalho há exatos 10 anos. De lá até hoje o que vejo são as empresas que cumprem as normas regulamentadoras de segurança ocupacional porque são obrigadas, para não serem fiscalizadas e multadas. Sim, há muitas companhias que entendem que investir em saúde e segurança de seus trabalhadores reduz afastamentos e punições.