• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Mais do que nunca, médicos e enfermeiros precisam usar os EPIs corretamente

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Neste blog, que trata de segurança do trabalho, tenho o dever de bater na tecla da prevenção, especialmente agora, em meio à pandemia do Covid-19.

E os profissionais de saúde, que estão na linha de frente do campo de batalha dos hospitais que atendem os pacientes infectados,

Com nova NR 18, canteiros de obras deverão ser limpinhos, seguros e confortáveis. A conferir na prática!

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Não se pode deixar que aquela velha cultura de operários que se ariscam nos canteiros de obras, desrespeitando normas básicas, continue a fazer parte desse cenário ocupacional, muito menos serem locais emporcalhados e sem conforto.

Assim, já que a NR 18, de Segurança e Saúde no Trabalho na Indústria da Construção,

Novo texto das NRs: sabendo explicar, fica mais fácil de implantar

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A falta de clareza dos textos das normas regulamentadoras de saúde e segurança sempre foi empecilho para o efetivo cumprimento da legislação pelas empresas. Havia muita embromation técnica, se é que me entendem. Profissional de SST encarregado de fazer a gestão de segurança do trabalho sempre ‘penou’ para entender os textos e,

No trabalho, as mãos devem ser protegidas todos os dias

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Eu, Dorothea Piratininga e Eduardo Elias gravamos recentemente um episódio do Prevenir Sempre Pod, nosso podcast de segurança do trabalho, para ressaltar a importância da segurança das mãos dos trabalhadores. Mãos são, na verdade, ferramentas naturais indispensáveis para todo tipo de trabalho, seja operando máquinas pesadas ou computadores.

Mudança nas NRs: é preciso haver clareza e aplicabilidade, pois segurança não deve ser custo, mas investimento

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Sem dúvida, a área de saúde e segurança do trabalho vive um momento de expectativa em função da reforma normativa iniciado pelo Governo Federal, que fará profundas mudanças no setor. Normas regulamentadoras sendo revistas ou extintas trazem a ânsia de saber se será a política deste governo um incentivo à permissividade dos empregadores em não proteger a segurança dos seus empregados.

Segurança do trabalho para quê?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Sem textão e indo direto ao assunto, hoje faço uma reflexão sobre a aplicação da segurança do trabalho nas empresas. O setor encarregado de colocar em prática as medidas de prevenção contra as doenças e acidentes de trabalho segue a legislação e as normas regulamentadoras vigentes no País.

Condições de trabalho em presídios precisam fazer parte das medidas de Moro

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Não é mais novidade que o Brasil de hoje está polarizado politicamente. No setor de segurança pública, por exemplo, as divergências são extremadas e há até apoiadores de corruptos e bandidos, que juram de pés juntos que estão certos. As ONGs de direitos humanos estão sempre denunciando os excessos das forças de seguranças contra os bandidos.

Atropelamento por empilhadeira indica falha em prevenção

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Mortes por atropelamentos são sempre chocantes, com histórias que, muitas vezes, envolvem motoristas em carrões em alta velocidade, que terminam por causar o acidente e ceifar a vida de pessoas.  Agora, no ambiente de trabalho, um empregado ser atropelado por uma empilhadeira é algo não apenas para lamentar,

É preciso querer e utilizar estratégias para diminuir acidentes e doenças do trabalho

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Que o Brasil ocupa quarta posição no ranking de acidentes de trabalho não é novidade, especialmente dentro do setor de segurança ocupacional. Esses infortúnios laborais são uma questão de saúde pública, mas, infelizmente, banalizados pela sociedade. Normalmente, funciona assim a invisibilidade desse mal no Brasil: “Meu vizinho está afastado do emprego,

Xô descarga elétrica!

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Criar um ambiente de trabalho livre de riscos é dever de todos, mas, na prática, isso não existe, pois não há céu na terra, se é que me entendem. Entretanto, os programas de saúde e segurança do trabalho baseados nas normas regulamentadoras e legislações conseguem, sim, minimizar e controlar os diversos riscos dos ambientes profissionais.

12