• Extingue
    Extingue
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Motofrentista, previna-se contra um corte no pescoço por linha de cerol

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Mesmo com os celulares reinando absoluto entre a molecada, quando chegam as férias, certas brincadeiras voltam à moda. Exemplo: soltar pira ou raia. Assim, dou uma dica aos motoqueiros e motoqueiras: se ainda não instalaram a antena pega-cerol em tempos de pipa, façam isso agora.

Quem solta balão que causa incêndio deveria arder ‘no mármore do inferno’

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Vamos falar sério, agora! Quem solta balão que resulta num incêndio de grandes proporções deveria, quando morrer, arder no mármore do inferno, sem trocadilho! No último fim de semana, um ‘sem juízo’ e ainda anônimo, porque a polícia não conseguiu identificar o criminoso,

Por que as mortes por acidente de trabalho voltaram a crescer no Brasil?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O que mais incomoda é ver o Brasil dando passos à frente, para depois vê-lo retroceder em seus avanços. Na área de segurança do trabalho, o País vinha reduzindo o número de mortes por acidente de trabalho. Só que após cinco anos em queda,

Gestantes estão livres pelos paladinos do STF de trabalhar em local insalubre

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Como a maioria dos brasileiros, também tenho inúmeras restrições às decisões do Supremo Tribunal Federal (STF). Os onzes togados acham-se acima do bem e do mal, comem lagostas com nosso dinheiro e, pior, nos últimos tempos decidiram legislar, o que é apenas uma prerrogativa do poder legislativo.

Quem pode ajudar as marisqueiras do Nordeste? O poder público? Então, senta e espera

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O trabalho da pesca artesanal, em especial a extração de mariscos, realizada predominantemente por mulheres, as chamadas marisqueiras, acarreta doenças e acidentes de trabalho. O desgaste e o sofrimento em função da jornada de trabalho excessiva presente nessa modalidade laboral atingem mais de 50 mil famílias no Nordeste.

Instalação de hidrantes em SP: agora quem paga somos nós

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

“É fácil dar esmola com chapéu alheio”. Mais uma vez o poder público, que há muito não cumpre com suas obrigações constitucionais, ri da população.

Eu choro, porque não aceito a chacota que os políticos insistem em fazer. O que me revolta,

eSocial não cria regras de Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho, mas institui o cumprimento legal dessas obrigações trabalhistas

Hoje, sexta-feira, é um excelente dia para tirar folga rsrsrs. Até porque, quem me substitui é Leandro Melero, profissional com grande experiência em saúde ocupacional e higiene do trabalho. Queridos leitores, o texto do Leandro está imperdível Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Por Leandro Melero

Nosso País passa por grandes transformações estruturais,

A vez e a hora do profissional com deficiência. Todos são normais, só se for “de longe”

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Um dos versos de Vaca Profana, música de Caetano Veloso, diz que “De perto ninguém é normal”. Ah, esse nobre letrista e cantor que já soube pensar! Não é porque escrevo todos os dias neste blog sobre SST, tema especializado, que estou proibida de relacionar as questões segmentadas com a realidade geral que nos cerca.