• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Mantenha a SIPAT na programação anual

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Sabemos que a pandemia da Covid-19 colocou o planeta de pernas por ar. Mas, acreditemos que o pior já passou, especialmente no Brasil. Por que faço essa introdução? Ora, as empresas precisam continuar produzindo e os empregados, trabalhando, não é mesmo? E as obrigatoriedades em relação às medidas de segurança do trabalho também devem ser retomadas,

Com covid-19 presente, a prevenção deve ser prioridade nas empresas

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Ainda que a pandemia do ‘vírus chinês’ continue presente e as dúvidas científicas não tenham sido respondidas, não é mais possível manter o lockdown no País. É aquela história real: o trabalhador pode não morrer do coronavírus, mas certamente vai passar fome.

Portanto, a economia está sendo retomada,

Retomada das atividades com muita higiene

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A pandemia do ‘vírus chinês’ ainda aflige o mundo, mas, como diz o jornalista Guilherme Fiuza, não dá mais para viver na ‘seita da terra parada’.

Assim, com protocolos sérios de retomada das atividades, empresas começam a funcionar. A volta dos trabalhadores às companhias deve ocorrer após uma série de ajustes no ambiente físico.

Reabertura de lojas deve ser feita com garantia de qualidade do ar

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

No início do ano, percebi que meu tênis para caminhada já estava ‘pedindo’ para ir para o lixo. O sistema de amortecedores que absorvem o impacto de pernas, pés e joelhos não funcionava mais. Acho que só o sistema de ventilação estava operando, tendo em vista que em um dos pares havia um buraco na sola do calçado.

NR 32 é a mais importante no cenário de coronavírus

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Em tempos de pandemia do ‘vírus chinês’, é sempre importante lembrar a norma regulamentadora 32, que trata de segurança e saúde no trabalho em serviços de saúde. Fazer valer a NR 32 é de vital necessidade, tendo em vista que os profissionais do setor de saúde têm sido as primeiras vítimas do vírus.

Entregador por aplicativo precisa de proteção

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Com a pandemia do Covid-19 (vou continuar dizendo que é o vírus Chinês), em que a população mundial não vai mais ao trabalho, e os alunos não vão mais à escola, há uma classe de trabalhadores essencial (não, não são os profissionais de saúde) à sobrevivência dos ‘prisioneiros’ do lar.