• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Operação rastreará produtos perigosos como ação preventiva

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Sabemos que uma tragédia devastadora serve ao menos para uma coisa: criar medidas para que não ocorra novamente. No início de agosto, o mundo assistiu estarrecido à grande explosão em Beirute, capital do Líbano, deixando centenas de mortos e feridos.

O fato esteve relacionado à amônia,

Mineração é excelente à economia do Brasil, mas os acidentes precisam ser evitados

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A indústria da mineração envolve exploração, extração e beneficiamento de minerais que se encontram nas rochas e solos. Essa atividade integra a extração a céu aberto e no subterrâneo, e é de extrema importância para a economia do País. Infelizmente, esse setor tem um estigma: a liderança em acidente de trabalho.

Nitrato de amônia causa tragédia no Líbano. Brasil, esteja atento à prevenção!

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A gigantesca explosão que ocorreu em Beirute, no Líbano, na terça-feira (4), já é vista como uma tragédia equivalente à sangrenta guerra que abalou o país entre 1975 e 1990. Não exatamente pelo número de vítimas entre as duas catástrofes, mas pela comoção internacional.

A onda de explosão supersônica foi vista claramente em Beirute e,

Incêndio em indústria química mostra que não se podem negligenciar os riscos do setor

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Encerro a semana lembrando, infelizmente, que há outras tragédias, além do ‘vírus chinês’. Por exemplo, os incêndios industriais continuam acontecendo e, às vezes, a falta de prevenção é o estopim da tragédia. Nesta semana ocorreu um incêndio de grandes proporções numa empresa de produtos químicos, localizada em Guarulhos,

Como proteger os silos de explosão

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Desde que criei a categoria de áreas classificadas deste blog, publico artigos sobre os riscos ocupacionais dos silos.

Os silos são construções para o armazenamento e conservação de grãos secos, sementes, cereais e forragens verdes. O agronegócio brasileiro necessita muito dessas estruturas. Mas há o lado sombrio desse setor que precisa ser divulgado e esclarecido.

Empilhadeira: cuidado com a ‘direção’ dos gases

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Não sou muito apreciadora de bebidas gaseificadas, nem mesmo cerveja, se é que me entendem. Faço uma exceção, pois a água saborizada, como H2OH!, acho que é bem boazinha.

Mas não é sobre bebidas nosso post de hoje, não. O tema, na verdade, é gases emitidos por empilhadeiras,

O agronegócio colocará o alimento na sua mesa, mas os silos precisam de proteção contra explosão

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O agronegócio será nossa salvação, em meio à pandemia do covid-19, sem dúvida nenhuma. Mesmo com a solução milagrosa do ‘fique em casa’, a safra de grão de 2020 está estimada em aproximadamente 249 milhões de toneladas, segundo o IBGE, representando aumento de 3,1% em relação à produção de 2019.

Morte em destilaria de álcool

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Quem já trabalhou como assessora de imprensa sabe que as notas de esclarecimentos das empresas, lamentando os acidentes e tragédias em suas instalações, são verdadeiras representações de boas intenções. Vamos explicar: na semana passada uma destilaria de álcool foi atingida por uma explosão, em Jandaia,

Silos em chamas, não!

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Fique atento! Poeiras em áreas classificadas, produzidas por açúcar, chocolate em pó, amido de milho, farinha de trigo, entre outros, são produtos com potencial explosivo. Ambientes onde há processamento, armazenamento e transporte dessas substâncias são considerados áreas classificadas, pois produzem poeiras combustíveis.

Transporte de cargas perigosas: cumpra com o que a lei determina

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Não causa nenhuma estranheza afirmar que transportar produtos perigosos é uma atividade de risco. Apenas no ano passado, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), atendeu 2.202 acidentes nas rodovias envolvendo caminhões transportando produtos ariscados.

Há regras para esse tipo de transporte,