• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Os auditores da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho da Secretaria de Trabalho precisam dar atenção aos representantes dos trabalhadores e empregadores

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Tenho escrito neste blog que os problemas gerados pelos anúncios do governo Bolsonaro de mudanças nas normas regulamentadoras de prevenção de doenças e acidentes do trabalho, bem como a extinção do Ministério do Trabalho, substituição do eSocial por outros sistemas de informações trabalhistas, estão relacionados à falta de interlocução entre os auditores fiscais destacados como novos responsáveis pelas políticas de SST e os líderes dos trabalhadores.

Bolsonaro acabará com o eSocial e as Normas Regulamentadoras?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O governo Bolsonaro tem 90 dias, mas a ansiedade geral para que todos os problemas da nação sejam resolvidos é inegável. Pudera, quantos estragos os últimos governos de esquerda promoveram, afinal? Mas será que no setor deste blog, de segurança do trabalho, o governo dará um passo atrás?

App criado por jovens estudantes em segurança no trabalho mostra que o setor pode ser pop

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Estou há 10 anos cobrindo SST (saúde e segurança do trabalho), com o objetivo de elevar o tema no ranking dos interesses nacionais. Mas, que nada! O que tem emplacado como assuntos de relevâncias são empoderamento feminino (credo), realidade aumentada, que mistura o real e o virtual,

Softwares ideais ao gerenciamento de SST, porque o eSocial já está aí

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Entregar as obrigações fiscais, trabalhistas e previdenciárias é básico para a sobrevivência de uma empresa no Brasil. O cumprimento dos itens relacionados à saúde e segurança do trabalho também faz parte desse pacote. Agora, com o eSocial instituído não tem choro nem vela. Todo empresário precisa enviar os dados,

Com o eSocial, o laudo de insalubridade será obrigatório

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Ambientes insalubres estão em várias atividades de trabalho. Se o local é nocivo aos empregados, expondo-os aos agentes agressivos à saúde, medidas de proteção precisam ser tomadas, não é?

Duas profissões que parecem opostas, como o gari e o médico, por exemplo,

eSocial e saúde e segurança do trabalho: grandes complexidades

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Mais uma sexta-feira que tiro o dia de folga. Hoje, faço minhas as sábias palavras de nosso leitor, médico e especialista, Airton Kwitko , que me enviou o texto a seguir.

Por Dr. Airton Kwitko

A participação da SST em diversos eventos do eSocial apresenta grandes complexidades para serem solucionadas.

eSocial impedirá o ‘jeitinho brasileiro’ e contribuirá para a cultura da prevenção

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Depois de alguns adiamentos, o prazo para o início do eSocial está confirmado: em julho de 2018, as empresas que faturarem acima de 78 milhões de reais no exercício de 2017 terão que enviar ao governo, praticamente em tempo real, as informações referentes às condições de saúde e segurança dos trabalhadores.

O e-Social vem aí, lá! lá! Lará! Hey! Agora é hora de SST! Vamos sorrir e cantar!

O e-Social é um sistema do governo federal que vai unificar o envio de informações pelo empregador em relação aos seus empregados. Os registros de eventos serão enviados por meio de arquivos digitais. No que diz respeito aos fatos de SST, que é nossa seara, há especificidades que precisam ficar claras aos gestores das empresas,