• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

O eSocial está sofrendo ataque das fake news?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

As fake news inundam as mídias digitais (e as tradicionais também, não é revista Veja e Estadão?), introduzindo informações equivocadas, mentirosas e mal-intencionadas.

Na seara política, a briga que usa essa artilharia de informações duvidosas é entre cachorros grandes, ou seja,

Se minha empresa atender a todos os requisitos das NR’s do antigo MTE (atual Ministério da Economia), ela está resguardada do eSocial?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Hoje, quinta-feira (4), Renan Ragazini, engenheiro de segurança do trabalho, com 10 anos de experiência no segmento de Segurança e Saúde Ocupacional na Porto Seguro, escreve mais um texto para o blog. Na verdade, o artigo dele presta um importante serviço aos nossos leitores, que estão ávidos por entender o que mudará no setor de segurança do trabalho no governo Bolsonaro.

EPI sem CA: não assine atestado de idiota

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Sei que meus leitores são profissionais de SST, mas para entrar no tema de hoje, que é o Equipamento de Proteção Individual (EPI) sem certificação, explico primeiramente sobre o Certificado de Aprovação (CA), documento do Ministério do Trabalho, que agora está incorporado ao Ministério da Economia,

Conheça os integrantes do governo Bolsonaro que trabalharão pela saúde e segurança do trabalho. Estamos de olho!

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Sai governo de esquerda, entra governo de direita. Mas continuamos sabendo quais são os desafios de se fazer prevenção contra as doenças e acidentes de trabalho no País.

O Brasil permanece ocupando o quarto lugar no ranking de acidentes de trabalho no mundo.

Teletrabalho é diferente de trabalho externo

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Hoje vou ajudar a esclarecer a modalidade de contrato de teletrabalho, que foi prevista na reforma trabalhista, e entrou em vigor em novembro de 2017, mas ainda há empregadores cometendo equívocos. Conhecendo o Brasil, esses erros têm cheiro de malandrice, mas eu precisaria ter acesso aos casos reais e seus respectivos processos para afirmar categoricamente haver algum tipo de falcatrua.