• Extingue
    Extingue
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Técnico de segurança do trabalho, assim como o de futebol, deve motivar seus comandados a cumprir com o esquema tático de prevenção

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O Brasil é um país campeão em acidentes de trabalho. Vamos chorar, gritar e espernear? Não, primeiramente vamos educar o empregado para a segurança do trabalho. Há um personagem dentro do cenário de prevenção de acidentes das empresas que tem um papel de destaque no processo educativo e de conscientização.

Jardineiro, use a roçadeira com segurança

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Enquanto escrevo na redação escuto o jardineiro aparando a grama do condomínio.  Por causa do incômodo que o barulho do cortador de grama faz, costumo levantar para observá-lo pela janela. Não ousaria reclamar do ruído do motor, pois sei que o funcionário está cumprindo com suas tarefas laborais.

Não precisamos de cadáveres em canteiros de obra!

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Falta de informação em segurança do trabalho pode fazer vítimas fatais e problemas muito sérios para as empresas. Assim, um bom modo de garantir a integridade física dos empregados, especialmente em redes elétricas de canteiros de obras, é capacitá-los e incentivá-los a seguir os requisitos de proteção.

É possível a empresa fornecer um EPI que já foi usado?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Hoje, trago um assunto de saúde e segurança do trabalho polêmico. Mais especificamente sobre se é correto o empregador entregar um equipamento de proteção individual que já foi utilizado por um empregado a outro, recém-admitido.

Como dispõe a norma regulamentadora 6 (NR6),