• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Como será a volta ao trabalho presencial?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Depois de ficar em casa por três meses, exercendo suas atividades em home office, por causa da pandemia do ‘vírus chinês’, qual poderá ser a primeira atitude do trabalhador que retorna presencialmente ao seu ambiente laboral? Como será o encontro com os colegas de trabalho?

Reabertura de lojas deve ser feita com garantia de qualidade do ar

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

No início do ano, percebi que meu tênis para caminhada já estava ‘pedindo’ para ir para o lixo. O sistema de amortecedores que absorvem o impacto de pernas, pés e joelhos não funcionava mais. Acho que só o sistema de ventilação estava operando, tendo em vista que em um dos pares havia um buraco na sola do calçado.

Ferramenta digital de autodiagnóstico promove ambiente de trabalho saudável e seguro, especialmente contra o vírus chinês

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Apesar de toda essa mixórdia política no País, os órgãos do governo federal continuam trabalhando com o objetivo que deveria ser comum: prevenir-se contra o vírus chinês. Pois bem, a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), da Secretaria de Trabalho (Setrab), do Ministério da Economia (Seprt), lançou uma ferramenta de autoavaliação trabalhista,

Para STF, covid-19 pode ser doença ocupacional

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Amigos, dou um replay no texto que já publiquei no início do mês, porque vou além com a publicação no podcast de hoje, de título Sem Nexo. Escutem, analisem e digam se estou equivocada. Podem acreditar, não poupei o STF, porque essa turma é de dar vergonha.

Não se pode aceitar piadas sexistas no trabalho

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Não concordo com a onda politicamente correta, pois como diz o publicitário Washington Olivetto, essa mania ‘matou a liberdade criativa’. Como não sou Olivetto, minha análise é mais direta: essa onda deixou as pessoas mais chatas. Exposto isso, repercuto uma pesquisa feita pela Ipsos e o Global Institute for Women’s Leadership,

NR12: os grupos antagônicos foram pacificados?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A norma regulamentadora 12 (NR 12), que trata de segurança de máquinas e equipamentos, sempre gerou confrontação entre governo e trabalhadores, de um lado, e empresários, de outro. A Confederação Nacional da Indústria (CNI), por exemplo, reclamava das excessivas exigências que oneravam os custos das empresas, enquanto seus antagonistas diziam que os industriais não se preocupavam com a segurança dos trabalhadores.

Segurança do trabalho para quê?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Sem textão e indo direto ao assunto, hoje faço uma reflexão sobre a aplicação da segurança do trabalho nas empresas. O setor encarregado de colocar em prática as medidas de prevenção contra as doenças e acidentes de trabalho segue a legislação e as normas regulamentadoras vigentes no País.

Assédio moral começa com os manipuladores de plantão

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Vamos combinar que os tempos modernos trouxeram muitas coisas boas, como as tecnologias da informação, que facilitam a vida. Sob o aspecto psicológico, situações que sempre ocorreram ficaram mais sofisticadas e até mesmos expandiram-se para todos os campos, inclusive o profissional.

Refiro-me à manipulação como um processo psicológico de um indivíduo sobre o outro,

Benzeno: o perigo dos postos de combustíveis que precisa de atenção e prevenção

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Particularmente, só coloco combustível no meu carro em um único posto de gasolina, há 300 anos. Exageradamente falando, naturalmente! Mas, há muito tempo vou ao mesmo estabelecimento por dois motivos: o combustível é de qualidade, nunca houve adulteração, e o frentista é meu amigo, de total confiança.

Avaliação psicológica do trabalhador em altura é obrigatória?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Quando escrevo sobre o trabalho em altura, costumo pinçar os pontos mais controversos na área de prevenção contra acidentes. Hoje, trago a questão da avaliação psicológica, se é necessária, obrigatória ou recomendável ao trabalhador que sobe a mais de dois metros de altura para executar uma tarefa.

12