• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Sistema inédito de mapeamento em educação na saúde é lançado

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Coletiva do Ministério da Saúde para informar sobre o sistema (Foto: Erasmo Salomão / ASCOM MS)

O ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, é criticado porque não é médico. Mas como? Quem não lembra do ministro da saúde do governo Fernando Henrique Cardoso, José Serra, um economista por formação, que promoveu avanços inegáveis na Saúde Pública? Implantou um programa de combate à Aids, que desafiava especialistas de todo o mundo.

Pois bem, só para concluir esta introdução de nomes, Pazuello é bem melhor do que o médico ortopedista Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro, que mandava as pessoas ficarem em casa até os sintomas de Covid se agravarem. Quando chegavam ao hospital, morriam em pouco tempo. Assim, penso que o Ministério da Saúde com Pazuello está indo bem, apesar da pandemia.

Este mês, o órgão lançou o Sistema de Mapeamento em Educação na Saúde (SIMAPES), ferramenta que vai permitir a coleta, análise e disponibilização de informações sobre educação em saúde no Brasil. O objetivo é melhorar a qualidade da formação de profissionais da área, além de identificar demandas para cursos da área. Cinco bancos de dados possibilitarão adotar melhores práticas educacionais. O sistema será interligado nos bancos de E-MEC (Sistema eletrônico de acompanhamento dos processos que regulam a educação superior no País), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), Contrato Organizativo de Ação Pública de Ensino-Saúde (COAPES) e o E-SUS Atenção Básica, que ajudarão a identificar as demandas de cada região.

A ferramenta permitirá investigar a relação entre a oferta de cursos de graduação, técnicos e a estrutura de serviços da saúde, especialmente quanto à oferta de campo de prática e de qualidade; averiguar as necessidades de formação e qualificação dos gestores e profissionais no âmbito do SUS; prover o Ministério da Saúde de informações para a tomada de decisões no âmbito da educação em Saúde. Ministério da Saúde não é para colocar pânico na população, mas para propor soluções.

CLIQUE NO PLAY DO THUMBNAIL ABAIXO E OUÇA O PROGRAMA ‘RESPIRAR SEM ERRAR’ COM O TRIO EMILY SOBRAL, DOROTHEA PIRATININGA E EDUARDO ELIAS. 

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.</a

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.