• Extingue
    Extingue
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Silos em chamas, não!

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Explosões em silos podem ser prevenidas (Foto Pixabay)

Fique atento! Poeiras em áreas classificadas, produzidas por açúcar, chocolate em pó, amido de milho, farinha de trigo, entre outros, são produtos com potencial explosivo. Ambientes onde há processamento, armazenamento e transporte dessas substâncias são considerados áreas classificadas, pois produzem poeiras combustíveis. Não sabia? Pois é, a combustão da poeira armazenada em locais como silos tem gerado catástrofes no mundo todo. Em muitos casos, a magnitude da explosão é tamanha que a destruição do silo é total, causando grandes prejuízos. Quando há trabalhadores nesses ambientes, além dos estragos nas instalações, vidas são ceifadas.

Uma área suscetível à formação da atmosfera explosiva deverá conter a presença simultânea de uma fonte de ignição e uma determinada concentração de partículas de pós em suspenção, na presença do oxigênio do ar. Normalmente, uma nuvem de poeira com potencial explosivo entra em contato com locais aquecidos ou equipamentos elétricos com centelhas gerando a ignição inicial da chamada explosão primária ou deflagração. A partir daí, gera-se um grande volume de gases quentes numa onda de pressão. Com isso, a poeira depositada com o tempo na superfície entra em suspensão, gerando nova nuvem de poeira adiante das chamas, que, num processo que se repete, produz uma sequência de explosões secundárias, que atingirão o silo inteiro. Para prevenir essas tragédias, algumas medidas devem ser tomadas, além de seguir à risca as normas em vigor. “É necessário uma gestão de áreas de risco, incluindo a utilização de equipamentos para a proteção adequada ao ambiente de silos, além de uma manutenção adequada”, explica Paulo Raña, engenheiro e representante da empresa espanhola ADIX, especializada na prevenção de explosões e proteção de pessoas e ativos.

Segundo Raña, a depender da análise de risco e dos requisitos de segurança específicos, há soluções de sistemas de proteção e prevenção, como a janela de alívio de explosão, que funciona com folhas finas laminadas instaladas sobre um recipiente ou equipamento, com o objetivo da onda de pressão e as chamas se dissiparem numa zona segura. Contra explosão há prevenção, o que falta é conhecimento e conscientização dos responsáveis por segurança industrial.

 

 

 

2 Comentários

  1. Claudemir Soares

    O que chama a atenção é que explosão em silo é mais comum do que se imagina, mas, mesmo assim, as empresas continuam sem querer investir em proteção.

Deixe uma resposta para Cesar Siqueira machado Cancelar



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.