• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Relações de trabalho ideias para o não adoecimento mental: quais serão?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O transtorno mental é crescente no País (Foto Pixabay)

O problema do mundo com a famigerada pandemia do ‘vírus chinês’ é que a economia foi para a lona. Daí, a consequência óbvia é que o desemprego e a pobreza aumentaram.  Sem dúvida, o trabalho tem um valor psicológico e financeiro importantíssimo.  Mas, como há complexidade nas relações humanas e profissionais, prefiro destacar um ponto de reflexão do artigo: os transtornos mentais dos trabalhadores empregados.

Se esses transtornos psicológicos ocupam a terceira posição entre as causas de concessão de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez, precisamos entender a causa raiz dessa realidade. Então, qual o papel das características individuais que levam à ‘piração’ dos trabalhadores e qual o papel das relações de trabalho autoritário nessa estatística?

Primeiramente, todo ambiente tem um caráter intrinsecamente tenso e estressante, resultante de cobranças naturais dos desafios da produtividade. Ora, é preciso verificar se esse terreno fértil dos ambientes laborais aos transtornos mentais pode ser eliminado, minimizado e, assim, reduzir os danos nefastos à saúde psíquica dos profissionais. Hoje, as empresas e os patrões não podem dar uma de ‘João sem braço’ diante dessa realidade. Assim, cito algumas situações que precisam ser observadas, como o excesso de disputa e competitividade, num ambiente hostil, o que gera desgaste emocional.

Há também cobrança excessiva de chefes que exigem absurdos dos funcionários, bem como chefes tiranos, que é um horror. Há também o acúmulo de funções, atribuindo aos trabalhadores um número de tarefas quase impossíveis de serem executadas. Assim como há ambiente corporativo que não usa o critério da meritocracia em detrimento de outros interesses, gerando a sensação de injustiça.

Portanto, não se pode prescindir de colocar as relações de trabalho como causas para o surgimento desses transtornos mentais no trabalho.

CLIQUE NO PLAY DO THUMBNAIL ABAIXO E OUÇA O PROGRAMA ‘RESPIRAR SEM ERRAR’ COM O TRIO EMILY SOBRAL, DOROTHEA PIRATININGA E EDUARDO ELIAS. 

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.</a

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.