• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Proteção contra o vírus chinês aos servidores do sistema prisional, por favor!

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Todo profissional merece proteção contra o covid-19, inclusive os agentes penitenciários (Foto Pixabay)

Segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que monitora a proliferação do vírus chinês no sistema prisional, os presídios do Distrito Federal concentram a maior parte dos casos do coronavírus entre detentos em penitenciárias do Brasil.

Pelos amados membros do Supremo Tribunal Federal, esses detentos deveriam ser libertados para se protegerem confinados em casa, só que não. Muito já se falou que os criminosos liberados pelo STF que receberam esse direito por terem doenças pré-existentes ou idade acima de 60 anos, foram para a rua reincidir em seus crimes.

Mas paro por aqui minha indignação com a justiça neste País. De fato, é triste que prisioneiros estejam contraindo o vírus. Entretanto, a revolta é ainda maior quando servidores do sistema prisional em todo o Brasil estão expostos ao risco do coronavírus, sem que o Estado os proteja com a devida eficiência.

No estado de São Paulo, por exemplo, há milhares de pedidos de afastamento de servidores com sintomas da Covid-19, inclusive casos de internação e acometimentos graves da doença, além de óbitos comprovados.

Sindicatos da categoria informam que, mesmo diante do quadro pandêmico, os estabelecimentos prisionais paulistas não estabeleceram um plano eficaz de contingência para evitar a propagação do vírus. Assim as medidas protetivas aos trabalhadores de unidades prisionais estão sendo solicitadas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

É inaceitável que a Secretaria da Administração Penitenciária, responsável pelos servidores do segmento, tenha deixado de entregar equipamentos de proteção individual (EPIs) e insumos para assepsia pessoal, ambiental e de superfícies (como o álcool em gel) aos servidores das 176 unidades prisionais que administra.

Governador Dória, já que o senhor é um gestor ‘tão qualificado’, cumpra com sua obrigação, fazendo uma gestão decente aos presídios do Estado, em vez de querer aparecer, seu B. Se é que me entendem…

CLIQUE NO PLAY DO THUMBNAIL ABAIXO E OUÇA O PROGRAMA “O ESPECIALISTA”, COM EDUARDO ELIAS, QUE DÁ UMA AULA SOBRE DETECÇÃO DE GASES.

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.