• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Profissional de segurança do trabalho acima da média e sem ser tosco

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Equipe do SESMT precisa ser coesa e cumprir com objetivos (Foto Pixabay)

Ao longo de dez anos cobrindo continuamente o setor de saúde e segurança do trabalho entrevistei muitos profissionais e suas especialidades, desde engenheiro e técnico de segurança do trabalho, médico do trabalho, ergonomista, perito etc.

A equipe que trabalha no Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) é multidisciplinar. Encontrei mentes capacitadas e brilhantes que subsidiaram minhas reportagens e também muito profissional tosco, como em qualquer área, não é mesmo?

Estou como blogueira em SST há quase cinco anos e aqui posso divulgar informação e pautar o tema que acho mais relevante para o dia, já que atualizo o blog diariamente, menos nos fins de semana. Assim, com esses anos de ‘janela’, posso sugerir os aspectos que levam um profissional de segurança do trabalho a ser acima da média. Evidentemente, por ser uma área com ampla legislação, capitaneada pelas normas regulamentadoras, que são 37, a prática do estudo para a busca do conhecimento é algo extremamente valioso e necessário. O profissional precisa ter consigo o entendimento geral sobre análise de risco, investigação de acidentes, ergonomia e programas de prevenção dos riscos ambientais. Ou seja, conhecer de tudo um pouco. Além disso, ele precisa entender de gestão para administrar as medidas de prevenção, manter-se rigoroso quanto ao cronograma anual de ação envolvendo os programas e saber avaliar os indicadores de prevenção para saber se o trabalho está surtindo efeito no quesito de proteção contra doenças e acidentes ocupacionais.

Sob o aspecto psicológico, o profissional de segurança precisa ser uma pessoa firme, confiante e serena, para transmitir o que todos precisam entender: segurança do trabalho é uma responsabilidade de todos. É preciso ser líder, saber trabalhar em equipe e envolver pessoas para o objetivo da prevenção, e demonstrar comportamento coerente.  Ficam as dicas.

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.

Um Comentário

  1. Fausto Neto

    Emily, eu também conheço técnico de segurança tosco, mas que é um queridinho dos profissionais mais jovens e sem experiência.

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.