• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Por que os afastamentos de trabalho crescem?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

É preciso trazer o trabalhador à vida saudável (Foto Pixabay)

O afastamento por doença do trabalho cresceu cerca de 25% entre 2005 e 2015, totalizando,  nestes 10 anos, 181.608 pessoas no País. Os dados são do Anuário do Sistema Público de Emprego e Renda do Dieese, com base na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

A Lesão por Esforço Repetitivo (LER) e a depressão estão no topo do ranking dos afastamentos. Bem, esse quadro resume algo que há muito já se sabia. Os ambientes laborais no Brasil estão cada vez mais insalubres, sem padrão ergonômico adequado, além de pressões por produtividade que levam a esse tipo de doenças. De acordo com o levantamento, homens não-negros, entre 30 e 39 anos, com ensino médio completo ou superior incompleto, e moradores de regiões não metropolitanas, são os mais afetados. Já as mulheres que trabalham em cidades maiores também sofrem com as doenças ocupacionais. Há muito que os transtornos mentais estão no radar da Organização Mundial da Saúde (OMS), que prevê que, até 2020, a depressão seja a principal causa de afastamentos do trabalho no mundo todo.

E, então, como será possível reverter essa previsão sombria, se hoje o bullying e o assédio no trabalho são frequentes e geram estresse que pode prejudicar o equilíbrio psicológico das pessoas? Acho que não é segredo para ninguém que investir em saúde e segurança do trabalho resulta em menos doenças e mais produtividade. Assim, conscientizar os empregadores para manter ambientes salubres é um ponto de partida para uma futura solução. Até porque os próprios patrões também são prejudicados com a ausência dos empregados por causa de doenças. Um ambiente de trabalho saudável é muito importante. Afinal, saúde, qualidade de vida e produtividade não formam um bom tripé?

2 Comentários

  1. Leandro Melero

    As empresas devem pensar na integralidade dos seus trabalhadores, eles alem de funcionários são estudantes, filhos, pais, e tantos outros papéis que a vida lhes proporcionar. Trazer harmonia em todos os aspectos do mesmo indivíduo deve ser uma meta governamental e da iniciativa privada.

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.