• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Carnaval é para ser feliz e não lamentar as consequências na Quarta-feira de Cinzas

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Folia combina com juízo, não é mesmo? Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Passei minha infância e adolescência vendo da janela da casa onde morava, em Salvador, o Carnaval da Bahia. Blocos, serpentinas e cores decoravam minha imaginação juvenil, porque a folia significava alegria popular. Mais tarde, já distante da Bahia, entendi que acho o Carnaval, essa festa que faz o Brasil ser conhecido internacionalmente, uma época extremamente arriscada.

Obviamente, como essa celebração ainda desperta o interesse de milhões de pessoas, que aproveitam para se divertir, não posso deixar de passar meu recado de prevenção contra acidentes, ainda que não sejam de trabalho. Isso porque sei que quem cai na folia é o cidadão trabalhador que, na quarta-feira de Cinzas, retorna ao seu ambiente laboral para exercer suas atividades profissionais. E que seja de preferência, sem ressaca. Portanto, amigos, cuidado com o consumo exagerado de álcool para evitar brigas e, lembrando que, se for dirigir, melhor não. Vá de Uber.

Quer complementar a alegria, namorando e fazendo sexo? Ok, mas se for com alguém recém-conhecido, não marque touca e use camisinha. O risco de doenças sexualmente transmissíveis (DST) é uma realidade que continua precisando de muita informação e conscientização. Vou ‘chover no molhado’, mas sexo seguro ainda é a melhor forma de evitar uma gravidez indesejada, além de proteção contra a AIDS, gonorreia, sífilis, herpes, entre outras infecções igualmente indesejadas.

Contra a violência também há medidas de prevenção, evitando displicências excessivas e bolsas com dinheiro e documentos à mostra. Seguro morreu de velho, simples assim. Volto na quarta-feira, depois de minha overdose de Netflix. Ah, mas pode haver também uma sessão na telona com o filme Green Book.

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.

Ato inseguro ou multicausalidades?

Hoje, em função do grave acidente com dois trens que se chocaram de frente na altura da estação São Cristóvão, no Rio de Janeiro, cedo espaço para Leandro Melero, analista de segurança do trabalho na Porto Seguro, que me substitui no lavor diário, trazendo um texto original e explicativo. Com o post, Melero faz uma excelente reflexão sobre as possíveis causas desse acidente com o maquinista da Super-Via,

Perigo e risco não são sinônimos

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Vendo uma grandiosa barragem de dejetos do setor de mineração como a que caiu em Brumadinho em janeiro, logo pensamos no tamanho do perigo e do risco que era trabalhar naquele ambiente. Bem, apesar de as palavras perigo e risco serem usadas, muitas vezes, como sinônimos, elas têm significados diferentes.

‘Anjinhos’ podem prejudicar a saúde auditiva dos professores de educação infantil

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Meu Deus do céu e também da terra, como diz Sérvio Vaz, será que o barulho de crianças de educação infantil pode ser tão prejudicial aos professores, causando-lhes  danos à saúde? Podem seres entre um e quadro anos de idades serem tão malvados? Bem, desenvolver a surdez induzida por níveis de pressão sonora elevados,

Livro inédito ensina como calcular o guarda-corpo e rodapé contra queda de altura

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

As normas regulamentadoras (NR) de segurança do trabalho estão sempre sendo atualizadas e ampliadas pela equipe tripartite (representante de patrões, trabalhadores e governo), para que as empresas possam cumpri-las de acordo com os requisitos técnicos. Entretanto, quando há alguma omissão no texto das NRs,

Investigação de acidente de trabalho é essencial para eliminar os riscos ambientais

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Espero que a sociedade fique de olhos bem abertos para acompanhar os desdobramentos do rompimento da barragem em Brumadinho, MG. Não é possível esquecer que 300 trabalhadores morreram, entre corpos encontrados e outros ainda por serem achados.

A atenção agora deve ficar por conta de uma investigação isenta e científica,

Tragédia com fogo é triste, e com frio, também

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Creio que o incêndio ocorrido no centro de treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro, que resultou na morte de 10 jovens atletas, repercuta psicologicamente nas pessoas, que reconhecem a tragédia com fogo como um dos piores acontecimentos humanos.

Contraditoriamente, esta semana fiquei tocada com um acidente de trabalho ocorrido numa câmara fria de um estabelecimento comercial em Várzea Grande,

Cresce suicídio de policiais, será que está relacionado às atividades violentas?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Não encontrei nenhum twitte de profissional de saúde e segurança do trabalho nem postagem no Instagram repercutindo os dados divulgados, no início deste mês, pela Ouvidoria da Polícia de São Paulo sobre o aumento do número de suicídios cometidos por policiais militares em São Paulo. Por que será?

Brasil sem incêndios. Um dia isso será possível?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Vou ‘chover no molhado’ para falar do Brasil, ainda que este post aborde incêndios, fogo e suas causas. O País não tem cultura de prevenção porque o brasileiro não aprende a prevenir-se nem depois de roubado. É o tal do jeitinho que se traduz nas gambiarras tão prejudiciais à segurança das pessoas e das edificações.

Networking em segurança do trabalho ao vivo e em cores

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Vamos acreditar que o Brasil que dá certo existe. E sabe por quê? Porque há ainda uma legião de profissionais que se vira nos 30 e vai além das relações virtuais, tão entusiasmadas hoje em dia.

A que me refiro, afinal, abrindo este post com otimismo?