• Extingue
    Extingue
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Mega SIPAT com exames preventivos e orientações nos canteiros de obra

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Prevenção na Mega SIPAT aos trabalhadores da construção civil (Foto Pixabay)
Conscientizar operário e operária da prevenção é a função da SIPAT (Foto Pixabay)

A construção civil é um setor que está sempre no topo do ranking dos infortúnios laborais, seja por acidente ou doença do trabalho. Assim, as ações de saúde e segurança do trabalho são cada vez mais importantes neste setor. Daí, acho justo divulgar a 20ª edição da Mega SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho)da indústria da construção paulista, que terá início em  amanhã (6) , em São Paulo, organizada pelo (Sindicato da Indústria da Construção), SindusCon-SP, em parceria com Sesi-SP e Senai-SP.

As ações seguem por 11 municípios do Estado até 29 de novembro, e a expectativa é atingir cerca de 1.700 trabalhadores da construção, que serão multiplicadores das boas práticas de SST em suas respectivas empresas. Entre as ações, destacam-se os exames preventivos de acuidade visual, glicemia e pressão arterial. Haverá ainda o Quiz Saúde, uma dinâmica que orienta sobre temas como higiene pessoal e geral; dengue; saúde do homem; drogas lícitas e ilícitas; doenças sexualmente transmissíveis; saúde mental; inclusão da pessoa com deficiência, e a importância da vacinação de crianças e adultos. O presidente do Seconci-SP e vice-presidente de Relações Capital-Trabalho do SindusCon-SP, Haruo Ishikawa, destaca que “eventos como a MegaSipat são fundamentais para disseminar a cultura da prevenção, conscientizando os trabalhadores e as empresas para que possamos elevar as condições de saúde e segurança nos canteiros”.

CLIQUE NO PLAY DO THUMBNAIL ABAIXO E OUÇA O TERCEIRO EPISÓDIO DA # 3 SÉRIE DE SEGURANÇA DOS PÉS

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.

Manutenção com segurança e sem tragédia

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Por segurança, além de manter a preservação de máquinas em dia, as indústrias precisam reconhecer que nessa etapa há riscos de acidentes fatais. Quando leio notícias sobre um funcionário morto tragicamente dentro de uma máquina executando sua manutenção, pois esta foi ligada repentinamente, fico chocada. Ora, ele foi fazer o trabalho de manter o equipamento funcionando adequadamente,

Profissionais da saúde não podem ter sarampo, não é?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O Brasil não é para os fracos, não é mesmo? Ultimamente voltamos a ver as doenças que já estavam erradicadas retornarem e ameaçarem a população, como, por exemplo, o sarampo. Entre os profissionais de saúde, as medidas de prevenção contra o sarampo precisam ser bem direcionadas e efetivas.

Pau que bate em Chico, bate em Francisco

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Você sabe que qualquer empregado pode recusar-se a fazer determinada atividade no trabalho e não ser demitido por conta disso? Será que o sujeito é insolente ou atrevido? Só que não. Na legislação brasileira há o chamado ‘direito de recusa’. Trata-se apenas de a lei ser favorável ao trabalhador que esteja exposto a situações de risco grave e iminente.

Profissional de SST que não se comunica, socorre trabalhador acidentado

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

É inegável que a comunicação é um recurso essencial nas gestões de saúde e segurança do trabalho das empresas. Como explicar, por exemplo, ao operador de máquinas que ele deve usar os equipamentos de proteção individual durante toda a realização da tarefa? Pela comunicação, obviamente, porque não se pode obrigar,

Dia 31 tem prevenção contra queimaduras na ALESP

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Cerca de 1 milhão de pessoas são vítimas de queimaduras por ano no Brasil. A queimadura está entre os traumas mais graves, pois, além dos problemas físicos que podem levar o paciente à morte, pode acarretar outros problemas de ordem psicológica e social. Uma tragédia com fogo,

NR 31 também vai ser simplificada: melhor assim

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho (Sinait), Carlos Silva, é contra o processo de mudanças nas normas regulamentadoras (NRs) de segurança do trabalho.

Qualquer pessoa pode ser contra ou a favor de qualquer coisa, não é mesmo? Na minha humilde opinião,

Asma ocupacional: pode prevenir para que não ocorra uma fatalidade como a de Fernanda Young

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A morte da atriz, escritora e roteirista Fernanda Young, de 49 anos, que teve uma crise de asma, seguida de parada cardíaca, no último domingo, chocou a classe artística do País. A asma de Young foi fatal porque ela vomitou e, durante a crise, aspirou o próprio vômito,

Emergência correta aos acidentes com queda de altura

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A norma regulamentadora 35 (NR 35), de segurança para trabalhos em altura, estabelece que a empresa promova capacitação e treinamento aos trabalhadores que executam atividades acima de dois metros do nível do solo. Além disso, há várias medidas de prevenção aos riscos de quedas, o que não impede que algumas emergências aconteçam.

Quando a Segurança do Trabalho acontece de verdade

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Hoje, sexta-feira, continuo achando um excelente dia para tirar folga. Até porque, quem me substitui é Adriano Abner, especialista em Gestão de Negócios, em Marketing e Comunicação, e mestrando em Comunicação Corporativa pela Universidad Europea del Atlántico, além ter passado a dedicar-se a pesquisas sobre o Comportamento Humano.