• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg
  • Santista
    Santista

Cruzeiros marítimos são magníficos para os turistas, já para os trabalhadores do navio, o que ocorre é solidão e ansiedade

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Visão interna de navio. Trabalhador sente-se sozinho, apesar de rodeado de turistas (Foto Pixabay)

Há algumas obviedades que se tornam robustas porque os estudos corroboram a percepção empírica. Enfim, a que me refiro? Não parece compreensível afirmar que pessoas que trabalham em navio de turismo sofrem com a solidão durante as viagens? Ainda que o navio esteja lotado de turistas, para quem trabalha a bordo prestando serviço, há um momento em que se sentirá só. Os períodos passados em alto mar o distanciam da convivência com a família e entes queridos, daí a solidão. Como observei na abertura deste post, muitas vezes, o que atesta o que parece óbvio é a comprovação por meio de estudo. Caso de um estudo que utilizou relatos online, publicado em setembro deste ano, na Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, da Fundação Jorge Duprat de Segurança e Medicina do Trabalho, que relaciona a qualidade de vida de trabalhadores brasileiros embarcados em modernos navios de turismo especializados em cruzeiros marítimos.

Nancy Oliveira Monteiro, Gustavo Cardoso Peterlevitz e Rodolfo Eduardo Scachetti, do curso de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do Mar da Unifesp, analisaram o conteúdo de 23 blogs de adultos jovens em atividade nessas embarcações. Não costuma haver pesquisa sobre a qualidade de vida do trabalhador embarcado na literatura brasileira, pelas limitações de um acesso a essa classe enquanto trabalham no mar, explicam os autores. Nos blogs analisados, 15 responsáveis (65%) eram do sexo feminino e 8 (35%), do sexo masculino. Entre os temas mais citados estavam queixas e benefícios. Em relação às queixas, há as relacionadas ao desconforto e falta de privacidade na cabine e à baixa qualidade da alimentação para os trabalhadores. Nos problemas de saúde constam relatos de dor física, exaustão, perda de peso e distúrbios do sono. Também há testemunhos acerca de dificuldades na organização do trabalho, hierarquia nos postos de trabalho baseada na nacionalidade do trabalhador, desvio de função, carga horária excessiva, instabilidade e imprevisibilidade para receber o salário e situações de abuso de poder.

Sob o ponto de vista psicológico, há relatos de ansiedade, estresse, medo de acidentes, solidão, saudade da família e de amigos. Não apontei, no início deste post, que apenas com um estudo, inclusive bem original dos alunos da Unifesp, seria possível validar a percepção que temos desses trabalhadores.

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.

Ansiedade: sem roer as unhas no trabalho

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A ansiedade das pessoas, especialmente no ambiente laboral, pode comprometer as relações de trabalho. Por exemplo, um chefe ansioso, que cobra desesperadamente o cumprimento de uma tarefa do subordinado, é de pirar o cabeção. O empregado exigido pela ânsia do seu superior pode desenvolver,

Acidente com betoneira na cidade de São Mamede: é possível evitar

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Há acidentes de trabalho que são extremamente trágicos pela forma como acontecem, pela gravidade dos ferimentos ou simplesmente porque demonstram imperícia no uso de determinados equipamentos. Não gosto de abrir um texto expondo um sinistro tão brutal, mas, infelizmente, quando o fato é assombroso,

Motorista de ônibus baleado em assalto durante sua jornada de trabalho será indenizado. Mas está certo isso? Cadê a segurança pública?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Em tempos de violência urbana fora do controle pelas forças de segurança pública, faz todo sentido repercutir uma notícia de uma sentença do Tribunal Superior do Trabalho, concedendo indenização a uma motorista de ônibus.

Pois é, quando o profissional de segurança do trabalho faz uma análise de risco da função de condutor de ônibus,

Filme envolvente alemão ganha prêmio em festival europeu. Quem é do setor de SST não pode deixar de assistir

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Devo confessar que mesmo escrevendo sobre saúde e segurança do trabalho desde 2009 nunca tinha ouvido falar de uma iniciativa da Agência Europeia para a Segurança do Trabalho, que considero, agora que descobri, extraordinária. Trata-se do prêmio de cinema “Locais de trabalhos seguros e saudáveis”,

27 de novembro: homenagem aos engenheiros e técnicos de segurança sem cafonice

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Hoje vou escrever sobre o engenheiro e o técnico de Segurança do Trabalho que são os homenageados do dia.

Antes, faço um parêntese, para colocar um pouco de polêmica neste post. Não sei quem cunhou a palavra prevencionista, e conheço muitos profissionais do meio que utilizam correntemente o termo,

Trabalhador gordo não pode ser humilhado sem punição à empresa

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Estar acima do peso não faz bem para a saúde, e hoje a medicina explica as razões claramente. Entre os malefícios que o excesso de peso provoca, um deles é a alteração da função da insulina, o que resulta em diabetes. Também a ocorrência de doença cardiovascular está relacionada ao aumento do Índice de Massa Corporal (IMC).

Sem carro elétrico, os riscos do benzeno aos frentistas de postos de combustíveis ainda precisam ser prevenidos

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Obviamente, enquanto o carro elétrico não for uma realidade no Brasil, o povo neste País continuará abastecendo seu veículo em postos de combustíveis. Enquanto a missão deste blog for abordar a prevenção contra doenças e acidentes de trabalho, este abordará os riscos de exposição ao benzeno para os frentistas que trabalham em postos de gasolina.

Incorporado à pasta quer for, o Ministério do Trabalho precisa continuar com as ações de fiscalização. Isso, sim

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Segundo o presidente eleito Jair Bolsonaro, o Ministério do Trabalho não vai mais acabar, como havia afirmado anteriormente. Agora, o ministério será incorporado a outra pasta. Ufa, que coisa fantástica, porque o que importava mesmo era o Status de ministério. Só que não. Por acaso,

Trabalho temporário e seus direitos: é pegar ou ficar desempregado

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A reforma trabalhista e, mais recentemente, o anúncio da incorporação do Ministério do Trabalho a uma outra pasta têm despertado a ira dos sindicatos de trabalhadores e, logicamente, dos servidores do Ministério, que na semana passada deram um abraço simbólico no prédio, em Brasília.