• Extingue
    Extingue
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Gerenciar risco de explosão não é escolha, mas apreço pela vida

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Ambientes com atmosferas explosivas devem ser protegidos (Foto Pixabay)

O risco de acidentes em atmosferas explosivas na grande maioria dos processos industriais é o motivo pelo qual criei a categoria de áreas classificadas deste blog. Certamente, a grande imprensa noticia as explosões ocorridas em ambientes industriais que contêm produtos combustíveis ou químicos. Já aqui, neste espaço, o objetivo é informar e conscientizar sobre a importância do gerenciamento de áreas de risco para prevenir danos irreversíveis, com mortes de trabalhadores e destruição de plantas industriais. Até porque, diferentemente do que as pessoas imaginam, não é apenas posto de gasolina que é uma área classificada com perigo de explosão.

Diversos segmentos da indústria, como alimentício, farmacêutico, têxtil, papel e celulose, e armazenamento de grãos podem explodir. Locais com gás, vapor, poeira ou fibras combustíveis estão sujeitos a desencadear um processo explosivo. Para isso, basta que uma faísca proveniente de um circuito elétrico, que funcione como fonte de ignição, em contato com o oxigênio do ar, para levar ao acidente. Assim, classifica-se uma indústria, primeiramente, determinando o tipo de substância inflamável, suas características, sua quantidade e a possibilidade de esse elemento ser liberado ao meio externo.

Assim, meus caros, empresa responsável precisa considerar o risco de explosão, contratando especialistas que saibam executar um estudo de classificação de áreas, para que sejam instaladas medidas de prevenção. Não disponho de conhecimento técnico profundo para indicar esse ou aquele sistema de proteção, evidentemente, até porque não sou engenheira, mas tenho fontes de entrevista que me subsidiam com informações necessárias para alertar sobre as consequências catastróficas de uma explosão industrial. “Os sistemas e dispositivos destinados à proteção e prevenção em ambientes com atmosferas potencialmente explosivas devem ser avaliados quanto à sua conformidade normativa e de legislação. Só assim haverá eficácia em relação ao controle dos riscos, fazendo jus aos investimentos que a empresa necessitará fazer”, explica Paulo Raña, engenheiro e representante da empresa espanhola ADIX, especializada na prevenção de explosões e proteção de pessoas e ativos. Para esses ambientes, já há diversas tecnologias que agregam importante fator de proteção. O que não se pode é negligenciar as medidas de prevenção, para que não haja consequências óbvias. Ou seja, o surgimento de catástrofes que poderiam ser evitadas.

4 Comentários

  1. Carlos Freitas

    Em muitos processos produtivos, durante a etapa de armazenamento, e em outras operações realizadas há risco de explosão. Daí a importância de medidas preventivas. É bom saber que existe um blog preocupado com o tema.

  2. Mauro Vidal

    Instalações de processamento de alimentos também compartilham vários riscos em potencial de explosão. São locais que necessitam de medidas preventivas. Acontece que as empresas não querem investir em projetos e em equipamentos de proteção.

  3. Jorge Filho

    Concordo que divulgar informações a respeito dos riscos e difundir conscientização são sempre necessários em tempos de negligências gerenciais.

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.