• Extingue
    Extingue
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Fala um especialista sobre a tecnologia anti explosão: “o usuário deve contratar o projeto completo, que contemple variados sistemas”

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Prevenção contra explosão se faz pensando no todo (Foto Pixabay)
Paulo Raña, da ADIX

“Não há como prevenir explosão seguida de incêndio” é o tipo de frase que um responsável por segurança industrial não deve falar nunca.  Afinal, as medidas de prevenção são o ponto de partida dos investimentos das indústrias com ambientes com atmosferas explosivas. Além disso, ter conhecimentos de segurança em atmosferas explosivas por gases inflamáveis ou poeiras combustíveis faz parte do que se espera de plantas industriais que operam em diversos setores.

Em indústrias de petróleo & gás, química & petroquímica, açúcar & álcool ou do agronegócio não há espaço para o descaso, o amadorismo nem a falta de capacitação técnica. Processos industriais que apresentam um perigo potencial de explosão precisam de avaliação de riscos para que as recomendações técnicas e medidas de proteção sejam tomadas. A maneira mais segura para impedir explosões é evitar ou eliminar as substâncias combustíveis, e garantir que não haja ar ou fontes de ignição presentes. Como numa unidade industrial isso quase não é possível, a solução é recorrer aos sistemas de proteção e prevenção. Hoje, por exemplo, a tecnologia de proteção inclui ventilação de explosão, supressão de explosão, sistemas mecânicos e químicos para o isolamento de processos interligados e sistema de detecção de fonte de ignição de explosão e fogo.

As pesquisas e o desenvolvimento de sistemas de proteção contra explosão atingiram avançados conceitos de proteção. Segundo Paulo Raña, engenheiro e representante da empresa espanhola ADIX, especializada na prevenção de explosões e proteção de pessoas e ativos, conhecer o risco é importante, assim como ter um projeto com dimensionamento de estrutura para dar vazão em caso de explosão. “Em caso de sinistro, o sistema vai direcionar a detonação para o meio externo”, explica Raña. Segundo ele, o cliente deve contratar o projeto completo, que contemple variados equipamentos. “Quero ressaltar que as janelas de alívio de pressão, sistemas de supressão de explosão, sistema de isolamento e detectores de explosão devem ter a certificação ATEX”, afirma.

 

Um Comentário

  1. Fábio Lourenço

    Um bom sistema de proteção contra explosão é essencial em qualquer ambiente industrial com gás, vapor ou poeira combustível.

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.