• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Explosão na CSN: vamos voltar a falar em instalações com atmosferas explosivas?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Explosão na CSN (Foto reprodução)

A mídia praticamente não divulgou a explosão na Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) na unidade de Volta Redonda, no Sul Fluminense, na semana passada (15). O acidente deixou ao menos 30 empregados feridos.

Eu, que tenho uma categoria de áreas classificadas neste blog, não poderia deixar de dar um registro sobre a explosão. Segundo a CSN, durante a retirada de escória (resultado final do processo de transformação química) da panela de aciaria (onde o ferro é transformado em aço) houve uma reação que provocou um deslocamento de ar e vazamento de material. Como sempre, em casos assim, a companhia solta uma nota que é um verdadeiro exercício de copia e cola: “os colaboradores que estavam no local foram atendidos pela equipe médica da CSN por terem inalado pó, e encaminhados preventivamente para atendimento hospitalar”. A empresa disse também que “está prestando toda a assistência aos colaboradores e investigando as causas da ocorrência”. Ora, quero saber quais são as ações efetivas contra acidentes em ambientes com atmosferas explosivas, como bem há numa indústria com o perfil da CSN, e que abrange setores de siderurgia, mineração, logística, cimento e energia.

As instalações que contêm atmosferas explosivas precisam de projeto que contemple equipamentos elétricos e mecânicos Ex certificados, além de certificação de empresas de prestação de serviços “Ex” e certificação de competências pessoais para a realização de atividades “Ex”, sob o ponto de vista do ciclo total de vida das instalações contendo esses riscos.

O tema atmosfera explosiva é objeto das Normas Técnicas Internacionais das Séries IEC 60079 e ISO 80079, em função de diversas instalações elétricas e mecânicas terrestres e marítimas estarem localizadas em áreas classificadas, que necessitam de elevados níveis de segurança e de conformidade técnica normativa e legal,  devido ao risco potencial de ocorrência de explosões, com graves consequências para as pessoas, para o meio ambiente e para as instalações.

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.

Um Comentário

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.