• Extingue
    Extingue
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Este blog e o Prevenir Sempre Pod estão vigilantes contra os acidentes de trabalho

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Um filho é um bom motivo para um pai não se acidentar no trabalho, não é? (Foto Pixabay)

Um acidente de trabalho grave, como um choque elétrico, que causa amputação de membros, muda a vida do empregado para sempre. Além da sobrevivência do trabalhador ficar comprometida, ele passa a ter problemas psicológicos. Ou seja, é inegável que os acidentes de trabalho devem ser prevenidos.

Portanto, tanto este blog quanto o Prevenir Sempre Pod, nosso podcast de segurança do trabalho, apoiam a campanha de prevenção contra acidentes de trabalho promovida pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) e o Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), neste mês, motivada pelo Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, comemorada em 27 de julho.

Chamada “25 motivos para prevenir acidentes de trabalho: essa história não pode se repetir”, a ação deve ser incluída em todos os canais de comunicação, e comigo não seria diferente. Sem dúvida, as novas formas de trabalho, como a informalidade, os acidentes de trabalho ficam invisíveis, diminuindo as notificações dos infortúnios laborais. Tanto no passado como atualmente, o número sobre acidentes de trabalho no Brasil não reflete a realidade. Os trabalhadores informais que se acidentam e, por produzirem nessas condições, não informam à previdência e não usufruem dos benefícios a que têm direito. O fenômeno da subnotificação é grave e atrapalha políticas de prevenção.

Mesmo com o atual governo, que lançou nesta terça-feira (30/7), no Palácio do Planalto, um amplo processo de atualização de regras que regulam o universo trabalhista brasileiro, esperamos que as campanhas para a conscientização da população como um todo — de trabalhadores a empregadores —, sobre como acontece e como pode ser evitado um acidente de trabalho, com consequências às vítimas e repercussão  na Previdência Social devem continuar, pois sem informação não há prevenção.

CLIQUE NO PLAY DO THUMBNAIL ABAIXO E OUÇA MAIS UM EPISÓDIO DA SÉRIE DE TRABALHO EM ALTURA

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.