• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Diga não à trombose em trabalhadores

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Trombose é um coágulo sanguíneo em veias das pernas (Foto Pixabay)

Obviamente, os fatores de risco da trombose não estão relacionados exclusivamente ao trabalho, ainda que passar horas parado em pé ou sentado aumente o risco da doença.

Há riscos de natureza genética ou devido às cirurgias e aos traumas eventualmente sofridos pelos pacientes. A trombose é definida como um coágulo sanguíneo em veias das pernas, causando inchaço e dor, por causa do bloqueio do fluxo de sangue na região. A grande preocupação é quando um coágulo ‘caminha’ na corrente sanguínea, em um processo chamado de embolia. Uma embolia pode ficar presa no cérebro, nos pulmões, no coração ou em outra área, levando a quadros graves e risco de morte.

Sobre o perigo da doença por questões laborais, aqui destaco um ponto que interessa ao blog.

Segundo Viviane Forte, auditora do trabalho, nas fiscalizações realizadas pela Secretaria de Inspeção do Trabalho, as irregularidades mais comuns identificadas nas empresas são falta de assento e de espaço adequados para que o empregado exerça sua atividade sem comprometer a saúde em longo prazo. Os profissionais que exercem atividades como caixa de supermercado, lojas, farmácias, bancos, frentistas, motoristas e vigilantes, entre outras, estão mais propensos a sofrerem uma trombose.

Mas realmente relevante é o fato de que a norma regulamentadora 17 (NR 17), que estabelece parâmetros das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, determina alternância de posições, seja qual for a função do empregado.

O Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, já disse que é papel do ministério, durante a fiscalização, criar a consciência de que não se pode negligenciar a saúde dos trabalhadores. Coisa básica, não? A principal questão na trombose é mesmo que, apesar de ser problema que, em princípio, não é considerado grave, pode transformar-se num sério risco à saúde.

Relembrando, se o sangue coagulado circular pelo organismo poderá entupir vasos sanguíneos no cérebro, pulmão e coração, causando Acidente Vascular Cerebral (AVC), embolia pulmonar ou enfarte. Aí, sem dúvida, essas consequências são péssimas. Então, faço um apelo aos empregadores, independentemente de fiscalização do governo: permitam que os funcionários possam movimentar-se durante a jornada, estimulando-os a mexer os membros inferiores.

Um Comentário

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.