• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Dentista do trabalho ajuda a reduzir o absenteísmo

A odontologia do trabalho, especialidade reconhecida por meio de Resolução do Conselho Federal de Odontologia, de 2001, veio buscar a relação entre atividade laboral e preservação da saúde bucal. Diferentemente da odontologia assistencial, a do trabalho não faz tratamento na cavidade oral. Seu objetivo é promover, preservar e recuperar a saúde bucal do trabalhador, diante de problemas causados no ambiente de trabalho. Logo, a essência da especialidade é oferecer conscientização aos trabalhadores.

O absenteísmo por motivos odontológicos levou à inclusão de mais um profissional no rol das especialidades ocupacionais. Entretanto, o modelo de atuação é o de promoção e monitoramento da saúde oral como parte integrante da saúde ocupacional. O propósito do cirurgião-dentista do trabalho é ter uma atuação clínica no exame diagnóstico das estruturas oro-dentais e no aconselhamento às necessidades verificadas. A especialidade do dentista ocupacional mantém diferenças das atividades executadas no consultório, pois não se limita a uma relação clínico-paciente, pois o vínculo torna-se multifacetado, incluindo demais profissionais do campo da saúde do trabalhador. Para isso, os gestores das empresas devem entender que a saúde oral é parte da saúde sistêmica, e o ganho preventivo, que resultará em melhoria de qualidade de vida e redução de serviços curativos.

Os exames odontológicos ocupacionais devem propiciar condições para a fixação de programas de atenção bucal e ações de monitoramento, que reduzam o absenteísmo. Além disso, as mutilações das estruturas bucais influenciam no desempenho das funções mastigatórias e fonológicas, comprometendo a qualidade de vida do trabalhador. Entre as funções do odontólogo ocupacional destacam-se o ensinamento sobre técnicas de escovação e adequada higienização, que faz toda a diferença para uma vida saudável.

Por Emily Sobral

Um Comentário

  1. Katarina Saldiva

    Profissional na área de saúde do trabalhador é o que não falta. O que deve faltar são vagas e investimentos dos patrões. Não conhecia essa especialidade. Como sempre você apresenta tudo pros leitores.

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.