• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Com nova NR 18, canteiros de obras deverão ser limpinhos, seguros e confortáveis. A conferir na prática!

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Canteiro seguro e confortável é possível. Basta seguir a nova NR 18 (Foto Pixabay)

Não se pode deixar que aquela velha cultura de operários que se ariscam nos canteiros de obras, desrespeitando normas básicas, continue a fazer parte desse cenário ocupacional, muito menos serem locais emporcalhados e sem conforto.

Assim, já que a NR 18, de Segurança e Saúde no Trabalho na Indústria da Construção, sofreu mudanças em seu texto recentemente, incluindo mais itens de segurança e orientações para uma atividade mais segura, vou seguir, neste blog, divulgando os pontos alterados mais relevantes.

Agora, no texto, a área de convivência do canteiro de obras foi mais bem especificada, como o item que reafirma a necessidade de haver higiene, conservação e limpeza, com o objetivo de conforto aos trabalhadores. A questão sanitária também está descrita, pois se todos gostam de banheiros limpinhos, com os operários não podia ser diferente. Assim, o texto aponta para a necessidade de haver lavagem dos banheiros diariamente.

No aspecto de instalações elétricas, chamadas partes ‘vivas’, deveriam ser bloqueadas, agora o texto esclarece que pessoas autorizadas podem circular nesses locais. Sobre as etapas da obra, incorporou-se um obrigatório plano de demolição, incluindo a análise dos riscos físicos, químicos, biológicos e de acidente, com as respectivas medidas de prevenção. Apesar de óbvio, o texto anterior, não fazia referência aos sistemas antiderrapantes para escadas, rampas e passarelas. Para as atividades executadas em máquina protelida, será exigida a instalação de cabine climatizada, assim como nas dos guindastes.

Quanto ao item de sinalização, o texto retirou as redundâncias, como, por exemplo, com a eliminação de informação sobre as partes móveis dos equipamentos, pois isso já consta no texto da NR 12, de segurança de máquinas e equipamentos. Outra mudança significativa foi em relação aos treinamentos, agora tratada como capacitação, em que se precisa atender os ditames da NR 1, norma que estabelece atribuições de empregados e empregadores quanto à saúde e segurança do trabalho. Foi criado o anexo 1, que detalha os treinamentos necessários e suas respectivas cargas horárias.

CLIQUE NO PLAY DO THUMBNAIL ABAIXO E OUÇA O PROGRAMA PAPO-FURADO, COM EMILY SOBRAL E DOROTHEA PIRATININGA. NESTE EPISÓDIO, O CORONAVÍRUS E O PPR SÃO TEMA DESSA CONVERSA IRÔNICA DESSA DUPLA SEM NOÇÃO, SÓ QUE NÃO.


Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.

Um Comentário

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.