• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

CIPA, técnico de segurança e tecnologia. É tudo legal

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

FOTO-URNA8
Cipa Online: processo eleitoral da Cipa pela internet

O que tem a ver o técnico de segurança do trabalho com as reuniões da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes)? A CIPA de cada empresa representa todo o conjunto de seus trabalhadores, com o objetivo de prevenir acidentes e doenças do trabalho. Porém, tanto o presidente da CIPA e seus membros, escolhidos por meio de votação democrática entre os empregados, não são profissionais de segurança. Assim, o técnico de segurança do trabalho é um ‘personagem’ no contexto da CIPA de fundamental importância, pois dará assistência, mantendo constante relacionamento com os membros da CIPA, e organizará os treinamentos necessários à comissão. Mas, oferecer orientação à CIPA não significa que o técnico precise participar de todas as reuniões, coordenar ou escrever suas atas. Os membros da comissão são seres humanos independentes e que foram eleitos para tal função.

Ah, sim: ainda que atenda à legislação brasileira, em função do decreto-lei 7.036 de 1944, a CIPA já evoluiu bastante. Hoje, por exemplo, o Cipa Online é um sistema que possibilita que todo o processo eleitoral para a escolha da comissão seja realizado de forma virtual. A votação para a escolha dos membros é feita em urna eletrônica pela internet. A tecnologia da votação eletrônica foi desenvolvida pela FQL Solution, que atua no desenvolvimento de soluções nas áreas de segurança do trabalho, meio ambiente e saúde ocupacional. E, mais recentemente, a FQL lançou o SmartCIPA, que é um sistema que organiza a CIPA durante o ano, desde a criação de agenda, convite a todos os membros da comissão, controle de faltas e geração de evidências para apresentação ao Ministério do Trabalho.

Segundo Patrícia Rangel, responsável técnica e engenheira de segurança do trabalho da FQL, o mais novo produto tem como objetivo entregar comodidade e facilidade aos membros da CIPA. “Nosso processo de gestão é muito simples. Criamos um sistema na nuvem, totalmente baseado na NR 5 (norma regulamentadora 5, que orienta a CIPA), em que é possível cadastrar as reuniões obrigatórias e as reuniões extraordinárias. Além disso, o layout é clean e fácil de gerenciar todo o andamento da CIPA”, explica Rangel.

PATRICIA-FQL (2)
Patrícia Rangel

No SmartCIPA  também é possível controlar as atas e o plano de ação da CIPA, possibilitando acompanhar item a item o andamento da gestão em vigor. Assim, pode-se realizar uma gestão totalmente à vista de todas as atividades da CIPA dentro da empresa.

“Um dos grandes fatores que geram preocupação em toda CIPA é organizar a documentação, as justificativas de faltas e controlar a presença de todos os participantes da CIPA. Bom, isso era um grande problema, mas com o SmartCIPA ficou mais prático realizar esse controle, pois todo o cadastro dessas informações poderá ser feito em minutos durante a reunião, e o acesso a estas é muito mais fácil. Além de realizar convite a todos os participantes da CIPA com apenas alguns cliques!, assegura.

Todo o sistema é baseado em computação em nuvem, ou seja, os dados estão disponíveis 24 horas por dia, com criptografia similar à de organizações financeiras, gerando relatórios seguros e reais do andamento da comissão, caso haja alguma averiguação de sindicatos ou do Ministério do Trabalho.

Para completar, o sistema é totalmente responsivo, permitindo realizar a gestão da reunião da CIPA em um Tablet, notebook e até em celular. “O sistema é realmente muito bom. Como engenheira de segurança do trabalho aprovo totalmente”, garante. Vai adotar?

 

10 Comentários

  1. Sandra Hitomi Yamafuku

    Parabéns pela matéria esclarecedora e gostei muito o sistema de gestão da CIPA! Todas as empresas deveriam implantar.

  2. RINALDO SICILIANO

    Parabéns pela inovação! Tudo que se puder criar no campo da tecnologia voltada para manter o homem salvaguardado de acidentes é válido. São essas pequenas ideias que se tornam grandes pq são essenciais. Parabéns de novo!

  3. Nonato

    As empresas atuais e do passado tem uma sombra chamada CIPA, a tecnologia apenas simplifica o errado, pois 88 % das empresas do Brasil não tem CIPAS atuantes, e as que atuam simulam papeis e papeis.

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.