• Extingue
    Extingue
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Alienação é o risco de áreas classificadas dentro das indústrias

Não sou engenheira e sim jornalista. Converso com engenheiros, técnicos, médicos e profissionais com diversas especializações dentro do campo da saúde do trabalhador. A partir das informações, reporto aos textos. Meu interesse é escrever sobre SST, com linguagem clara e sem bolodório, abordando o que está por trás dos desafios do setor para que se faça boa gestão em saúde ocupacional nas empresas.

Proteja o “cerebro” da empresa de pegar fogo

Fiquei um tempo sem escrever sobre proteção contra incêndio, tema que este blog também trata. Mas, como sabemos, o risco de incêndio é tão alarmante quanto de acidentes de trabalho. Então, vamos lá! Nas empresas, o ambiente preparado para receber servidores e equipamentos de processamento de dados é chamado data center. Conhecida a importância da tecnologia da informação nos dias de hoje,

Sem ensaiar não dá para confiar

Laboratórios de ensaios que comprovem o comportamento de produtos, sistemas e instalações referentes à proteção contra incêndio são essenciais. Para isso, obviamente, os laboratórios devem ter capacidade técnica comprovada. O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), de São Paulo, mantém um laboratório específico de proteção contra incêndio, denominado Segurança ao Fogo. Lá são realizados ensaios relacionados aos materiais de revestimentos,

Prática em plataformas de petróleo é questão de sobrevivência

Empresas de perfuração e exploração marítima de petróleo são obrigadas a tomar medidas de segurança contra incêndio. Afinal de contas, a única maneira de salvar vidas e estruturas materiais milionárias é a prevenção. O ambiente de risco e isolado como uma plataforma de petróleo, por exemplo, requer um plano de contingência e medidas de proteção eficazes.

Não se pode vacilar com produto químico

O número de acidentes atendido pelo Corpo de Bombeiros com produtos químicos e perigosos em indústrias, durante os últimos anos, tem aumentado significativamente. Esses acidentes podem ocorrer durante o transporte das substâncias ou nos mais variados locais, como indústrias, hospitais, áreas de agricultura, residência e até na rua.

Diversos produtos representam um risco de explosão quando expostos em concentrações elevadas no ar atmosférico,

Terceiro Fórum Nacional sobre Riscos Ex, quer saber? Participe!

Há uma atmosfera Ex séria em ambientes e que será debatida num Fórum em novembro deste ano, em São Paulo. Não, não se trata de debate sobre Ex-marido, Ex-mulher ou Ex-namorados. Trata-se do setor Ex, que é como são tratados os temas relativos às Atmosferas Explosivas, ou seja, áreas industriais com risco de explosões. O III Fórum Nacional sobre Riscos de Explosões será promovido pela pela Project-Explo,

Demitir preconceitos faz o ambiente de trabalho mais saudável

Se os ambientes de trabalho tivessem mais empregados entusiasmados, satisfeitos e contentes estaríamos em outro planeta? Pode ser que sim, mas pode ser que não. Neste planeta em que vivemos, os ambientes laborais podem ser produtivos, lucrativos e felizes. O que não pode haver é discriminação no trabalho por conta da orientação sexual dos profissionais.

Quem é punido por incêndios?

No Brasil, como se sabe, responsabilizar pessoas por tragédias como incêndios não é tarefa fácil. Puni-las, então, nem se fala. A burocracia e o excesso de leis mais atrapalham do que ajudam. Para piorar, no País, cada Estado tem sua legislação própria de combate e prevenção a incêndios. E, logicamente, a morosidade da justiça é conhecida até por bebê de colo.

Tanques queimaram no terminal da Ultracargo, causando destruição. E a espuma de combate atravessou o Atlântico para o combate

O incêndio que ocorreu no terminal químico de Aratu/Tequimar, do Grupo Ultracargo, zona industrial de Santos (72 km de São Paulo), que queimou durante dias, já está sendo considerado pelos profissionais da área como um dos piores da história do País. Os prejuízos ao meio ambiente, seres humanos e econômicos ainda não foram mensurados. Porém,

Novos extintores começam a valer em 1º de julho. Agora não é mentira!

Aos leitores que ainda não sabem que este blog também aborda temas sobre a proteção contra incêndio, ironizei num post anterior que o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) tinha colocado como data limite para que os motoristas instalassem os novos extintores de incêndio tipo “ABC” nos carros o dia 1º de abril, consagrado como Dia da Mentira.