• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

EPI: compre “gato” e pague por ele

Quando se está em jogo a prevenção de acidentes, não há atitude mais obtusa do que comprar equipamento de proteção individual, tendo apenas como critério o preço. Óculos e calçados de segurança, máscara, capacete ou protetor auricular não são produtos quaisquer. Existe a norma regulamentadora 6 (NR6), do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE),

Precaução: muito além da prevenção

Atualmente, o movimento em busca de ambientes laborais mais seguros é mundial.

Em termos de saúde e segurança no trabalho, a comunidade europeia destaca-se como a mais avançada, e isso se deve à sua cultura prevencionista, já bem enraizada na população.

Em 2014 o governo chinês convidou várias organizações internacionais para discutir a necessidade de inserir no currículo de educação do ensino básico a questão da saúde e segurança,

Experiência mais displicência são iguais a acidentes em tratores

 

No trânsito das cidades há motoristas de carros imprudentes que excedem a velocidade, especialmente quando embriagados. Eles atropelam, matam e matam-se. Ficamos chocados com a frequência com que acontecem. No campo, o trator é o veículo que oferece mais riscos aos trabalhadores. Por ter maior fonte de potência para acionar os implementos agrícolas,

NR 12 – Instrumento de prevenção de acidentes com máquinas e equipamentos. Mesmo em vigor, indústrias pedem mais tempo para cumprir a norma

As máquinas do parque industrial do País ainda não estão em dia com a última versão da NR12. A revisão da norma, que trata da segurança no trabalho em máquinas e equipamentos, foi necessária por causa das novas tecnologias incorporadas aos maquinários. Logicamente, por fazer parte da legislação do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE),

Conscientização é a chave

Desde o acidente, Peralta percorre o Brasil dando palestras nas empresas

As empresas brasileiras vêm investindo cada vez mais em equipamentos e no cumprimento de normas e leis de segurança no trabalho, a fim de evitar o que pode ser uma tragédia pessoal para o empregado e uma tremenda dor de cabeça para o empregador.

Ganhe o livro de Flávio Peralta e entenda por que a prevenção de acidentes do trabalho é tão importante

 

“Minha maior alegria foi ter um filho. Quando Jane engravidou, estávamos casados havia dois anos e ainda era um período de adaptação para nós e nossas famílias… Ao voltarmos para casa percebi que o fato de não ter mais os braços seria bastante complicado. Quando eu me sentava, Jane colocava o bebê em meu colo por alguns minutos.

Ganhe o livro de Flávio Peralta e entenda por que a prevenção de acidentes do trabalho é tão importante

 

“Minha maior alegria foi ter um filho. Quando Jane engravidou, estávamos casados havia dois anos e ainda era um período de adaptação para nós e nossas famílias… Ao voltarmos para casa percebi que o fato de não ter mais os braços seria bastante complicado. Quando eu me sentava, Jane colocava o bebê em meu colo por alguns minutos.