• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Ênfase nas principais alterações da NR 7

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Como ainda estamos no ano em que o Ministério da Economia aprovou a nova redação da Norma Regulamentadora nº 7 (início de 2020), que trata do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO, obrigatório às empresas, e muitas dúvidas permanecem, seleciono alguns esclarecimentos.

Primeiramente,

Mantenha a SIPAT na programação anual

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Sabemos que a pandemia da Covid-19 colocou o planeta de pernas por ar. Mas, acreditemos que o pior já passou, especialmente no Brasil. Por que faço essa introdução? Ora, as empresas precisam continuar produzindo e os empregados, trabalhando, não é mesmo? E as obrigatoriedades em relação às medidas de segurança do trabalho também devem ser retomadas,

Construtora séria cumpre com suas responsabilidades

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Escavadeira, bate-estaca, furadeira e lixadeira são os principais equipamentos responsáveis pelos barulhos e ruídos estridentes dentro de um canteiro de obra. Morar perto de uma construção em andamento é, com certeza, passar raiva pelos sons permanentes. Se para o vizinho que escuta distante, imagine para o operário que,

Não perca o webinar amanhã com especialistas em detecção de gases, segurança industrial e proteção contra incêndio

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Este ano é para ser esquecido por causa do lockdown que os gestores públicos mundiais decretaram para que fosse possível desacelerar a propagação do Covid-19.

As consequências da quarentena foram lamentáveis sob o aspecto econômico, aumentando a pobreza e a quebra de empresas. Mas devemos esquecer o medo,

NR 18, atualizada aos tempos modernos

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A revisão das normas regulamentadoras diminuiu de ritmo por causa do ‘vírus chinês’, obviamente. Mas já há NRs atualizadas e com seus textos indo ao encontro do mundo novo e tecnológico.

Exemplifico com a NR 18, que trata das condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção.

Riscos, prevenção e individualidade, tudo junto e misturado, envolvendo o sucesso da segurança do trabalho

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Os riscos ambientais nos diversos setores produtivos provocam adoecimentos em trabalhadores. Esta realidade permanente não pode causar desespero, muito menos lockdown, pois as pessoas precisam sobreviver e, além de tudo, o trabalho enobrece o homem, se é que me entendem.

No entanto, a gestão de segurança do trabalho nas empresas deve ser rigorosa e ter plena condição técnica de minimizar e prevenir esses riscos,

Se processos produtivos mudam, os riscos também

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Um dos papeis mais importantes do setor de segurança do trabalho é fazer as avaliações periódicas nos ambientes ocupacionais quando há mudança nos métodos de produção. Por exemplo, muitas indústrias possuem plantas em lugares distintos e, algumas delas, resolvem enxugá-las, reunindo a produção em um único local.

Supermercado: exposto ao Covid-19 desde o primeiro momento, agora sai Guia

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Desde o primeiro dia do famigerado lockdwn decretado pelos estados em função da pandemia do vírus chinês, eu tinha em mente que não poderia deixar de ir ao supermercado. O medo era grande, especialmente para alguém hipocondríaco, mas semanalmente ia repor os suprimentos de sobrevivência. Atualmente, depois de seis meses dessa loucura,

EPI, qual indicar?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Hoje escrevo sobre uma clássica pergunta na gestão de segurança do trabalho: como escolher o Equipamento de Proteção Individual (EPI) para as atividades laborais? Primeiramente, devem-se conhecer os riscos específicos e o ambiente de cada setor produtivo. Afinal, é a natureza da atividade que vai indicar a ação preventiva aos riscos existentes.

Adapte o trabalho ao empregado, pois assim se faz ergonomia

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Há um conceito explícito na norma regulamentadora 17, que trata de ergonomia no trabalho, que busca adaptar o trabalho ao homem. Como assim? A NR apresenta parâmetros que permitem a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores (estuda o comportamento do ser humano e os processos que o organizam),