• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Em vez de haver explosão em indústrias, com prevenção, pode haver estouro de vagas de empregos

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Como faço todas as semanas, escrevo sobre áreas classificadas. Já expliquei e não canso de defender que o assunto torne-se mais conhecido, especialmente aos responsáveis por prevenção de explosões e acidentes. A verdade é que a grande maioria dos empresários nacionais não conhece os inúmeros riscos aos quais estão expostas suas instalações industriais e seus trabalhadores.

‘Jabuticaba do adicional de periculosidade por inflamável’ tem que acabar

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

No Brasil, grande parte dos prédios comerciais possui um conjunto de geradores alimentados por óleo diesel, destinado a suprir o consumo de energia elétrica em eventuais panes ou quedas da rede. Com isso, o edifício é classificado como área de risco, e o empregador é obrigado a pagar adicional de periculosidade a cada empregado que trabalha em seu interior.

Powtech 2016: quando seremos uma União Europeia?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

No Brasil, estamos ainda na fase de divulgar o inegável: “é melhor prevenir do que remediar”. Para a proteção de atmosferas explosivas em indústrias há normas nacionais e estrangeiras, o que não chega a ser suficiente para mudar a realidade dentro das empresas, que continuam vulneráveis às tragédias com pós-combustíveis.

O pó perigoso

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

 

O desconhecimento sobre o que vem a ser áreas classificadas é geral e irrestrito. Não digo isso apenas sobre o cidadão leigo. No Brasil, não nos esqueçamos, o ibope sobe com futebol e novela. Mas, reconheço que a curva é de tal sorte declinante,

Acidentes com emissão de gases tóxicos com danos e riscos à saúde da população não podem ser esquecidos

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Com preocupação acompanho a recorrência de acidentes na Baixada Santista, especialmente desde janeiro de 2015 até hoje. Sou cética e incrédula, mas faço minha parte neste blog, batendo na tecla da prevenção. Porém, não adianta ficar tagarelando, se quem de fato e de direito tem obrigação por cuidar de medidas de prevenção e fiscalização não faz sua parte.

Informação e legislação são vitais para uma gestão de segurança em áreas classificadas

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Neste blog, o setor de áreas classificadas é a “bola da vez”. Toda semana escrevo um post para alertar que a possibilidade de formação de atmosferas explosivas dentro de plantas industriais não é uma narrativa fictícia. E, como se pode supor, não é apenas um parque de armazenamento de combustíveis que pode explodir.

Bueiros voadores nunca mais!

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A sequência de explosões em bueiros do Rio de Janeiro, registrados nos últimos anos, acalmou-se. Mas, isso não significa que os trabalhadores de vias subterrâneas ou espaços confinados estejam livres de acidentes. Ao contrário, pelo Brasil afora, várias pessoas morrem por absoluta falta de medição quanto à presença de oxigênio,

Prevenir explosão em laboratório de plastinação é melhor do que tragédias noticiosas

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Na faculdade de jornalismo aprendemos que notícia boa é notícia ruim. Penso que não é preciso explicar qual é o raciocínio dessa máxima. Mas, vamos lá, com uma pergunta fecho esta questão: Seria possível ocorrer um incêndio de grandes proporções sem que houvesse divulgação desse fato?

Controle do pó em Nuremberg não leva policiais federais à feira, mas especialistas em áreas classificadas

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

 

Manipular pós e poeiras faz parte das rotinas na indústria farmacêutica. Em geral, isso ocorre em operações como pesagem, fracionamento, manipulação de pós combustíveis e limpeza industrial. O que temos a ver com esses procedimentos? Tudo! Escrevo sobre prevenção de acidentes,