• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Allah-lá-ô, ô ô ô ô ô ô, mas que calor ô ô ô ô ô ô…

Com o sol de rachar mamona que raia sobre nós neste verão, o jeito é se lambuzar de filtro solar, tomar muito líquido e não dispensar o chapéu. Essa proteção vale para todos, e não há quem já não saiba disso. Entretanto, há certas profissões que exigem cuidados especiais pela exposição excessiva ao calor.

Na área rural, aqueles que trabalham de sol a sol, seja com o gado, seja no plantio ou na colheita, merecem cuidados especiais quanto à proteção solar, por estarem mais sujeitos à desidratação, mal-estar, diarreia, queimaduras, insolação, câncer de pele, entre outros problemas de saúde. A mesma atenção deve ser dada aos trabalhadores na área urbana, como carteiros e garis, e aqueles que atuam na construção de pontes e estradas, igualmente expostos diretamente ao  austro-rei. Para todos eles, filtro solar, chapéu, óculos de sol e roupas de proteção metalizadas, que refletem o calor e diminuem a sensação termica são EPIs indispensáveis.

Há ainda os que não trabalham a céu aberto, mas em ambientes fechados, com altas temperaturas, como é o caso dos profissionais de fundição, caldeiraria e indústria alimentícia. A ventilação adequada do local é muito importante, e em alguns casos o ar-condicionado pode ser a solução, desde que a limpeza dos dutos e dos filtros seja feita corretamente, a cada seis meses. Caso contrário, o risco de contaminação por bactérias pode levar a doenças pulmonares graves.

“O calor excessivo predispõe o indivíduo à astenia (cansaço, indisposição, letargia), à prostração, desidratação, insolação e até mesmo à intermação, agravamento da insolação que pode levar ao óbito”, afirma Antonio Ricardo Daltrini, médico, gerente da Coordenação de saúde no Trabalho da Fundacentro.

Segundo ele, as empresas têm interesse em minimizar os danos causados pelo calor, não apenas para resguardar a saúde do empregado, mas também para evitar a queda de produção e diminuir as taxas de absenteísmo e afastamentos em consequência das altas temperaturas.

E para toda a população Daltrini recomenda prevenir-se com proteção mecânica (boné, óculos de sol, filtro solar), ingerir muito líquido e redobrar os cuidados com a higiene dos alimentos.

 Por Dorothea Piratininga

6 Comentários

  1. Carla

    Bom dia,
    Parabéns ao blog. Matérias bem atuais e concisas. Faço votos que continuem por um longo
    tempo e atinjam cada vez mais leitores

    Abs

Deixe uma resposta



This blog is kept spam free by WP-SpamFree.