• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Mudança nas NRs: é preciso haver clareza e aplicabilidade, pois segurança não deve ser custo, mas investimento

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Mudança das NRs: sim, é hora de mudar, mas sem colocar a segurança do trabalhador em risco (Foto Pixabay)

Sem dúvida, a área de saúde e segurança do trabalho vive um momento de expectativa em função da reforma normativa iniciado pelo Governo Federal, que fará profundas mudanças no setor. Normas regulamentadoras sendo revistas ou extintas trazem a ânsia de saber se será a política deste governo um incentivo à permissividade dos empregadores em não proteger a segurança dos seus empregados. Ou será uma atualização condizente com o novo tempo, pois as normas foram escritas há mais de 40 anos, e estavam defasadas, além de serem pouco claras, cheias de bolodórios técnicos. Atualmente existem 36 NRs, que geram dificuldades de interpretação e, muitas delas, instigam as empresas a burlarem seus requisitos, já que elevam o Custo Brasil.

Na minha opinião, medidas de proteção contra doenças e acidentes de trabalhadores são investimentos.

Porém, ao longo do tempo, a legislação tem obrigado as empresas a cumprir inúmeras exigências onerosas, sejam elas pequenas, médias ou grandes corporações

Há pontos complexos que dificultam a aplicabilidade das NRs. Quem é do setor lembra da grande polêmica em torno da NR 12, que trata de segurança de máquinas e equipamentos. Extensa e cheia de ‘ordens’ para que uma indústria mantenha ambientes com máquinas seguras. Os burocratas e técnicos que escreveram as normas sabem muito bem exigir itens com o dinheiro alheio. Atualmente, o governo federal pensa em simplificar as regras trabalhistas para melhorar a produtividade do País. Quem pode ser contra esta lógica, que melhoraria os dados macroeconômicos do Brasil? Afinal, toda a sociedade ganharia com isso. Entretanto, o risco das mudanças das NRs está justamente em irmos para o outro extremo: negligência com a segurança dos empregados. Assim, é preciso que as comissões com representantes de empregados, empregadores e governo que trabalham com essas mudanças coloquem suas ideologias e resistências de lado, para chegarem a um bom termo, sempre com o mesmo propósito: segurança não pode ser custo, mas investimento.

CLIQUE NO PLAY DO THUMBNAIL ABAIXO E OUÇA O TERCEIRO EPISÓDIO DO PROGRAMA DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA, SEXTO DA SÉRIE PREVENIR SEMPRE POD

CLIQUE NO PLAY DO THUMBNAIL ABAIXO E OUÇA O PAPO-FURADO

CLIQUE NO PLAY DO THUMBNAIL ABAIXO E OUÇA O PROGRAMA DIRETO À POLÊMICA em sst, NOVO PROGRAMA DE ENTREVISTA DO PREVENIR SEMPRE POD. EU ENTREVISTO EDUARDO ELIAS SOBRE A QUEDA DO CERTIFICADO DE APROVAÇÃO (CA) 

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.

Além daquele abraço, garis precisam de proteção aos riscos

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A contribuição do trabalho dos garis à população é colossal, pois higiene é sinônimo de saúde. Pena que muita gente seja mal-educada, jogando lixo na rua. Ao recolher os resíduos das famílias, os coletores de lixo estão expostos a diversos riscos. Geralmente contratados por empresas privadas que prestam serviços às prefeituras,

Profissionais de saúde: prevenir sempre pode, e deve!

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

As irregularidades que representam risco de segurança e saúde dos trabalhadores em serviços de saúde precisam ser combatidas.

Veja bem, um hospital, por exemplo, é um ambiente de trabalho bastante complexo. Há riscos de acidentes com material biológico, decorrente de um instrumento perfurocortante. Além dos hospitais,

Segurança do trabalho para quê?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Sem textão e indo direto ao assunto, hoje faço uma reflexão sobre a aplicação da segurança do trabalho nas empresas. O setor encarregado de colocar em prática as medidas de prevenção contra as doenças e acidentes de trabalho segue a legislação e as normas regulamentadoras vigentes no País.

LOPA, análise da ‘cebola’, que busca proteção em ambientes ocupacionais

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Entre as técnicas de avaliação de risco voltadas às atividades laborais, a análise do tipo LOPA (Layer of Protection Analysis), conhecida por Análises de Camadas de Proteção, caracteriza-se por ser uma técnica semiquantitativa, em que se avaliam os cenários de risco, conta frequências e analisam sua tolerabilidade de risco para decidir sobre as ações de proteção.

Em acidente de trabalho, a indenização também é (muito) necessária

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Todo mundo sabe que existe trabalhador no Brasil que adora ir atrás dos “meus direitos” na Justiça do Trabalho. Às vezes, por meio dos advogados, entra com um processo, levando demandas altamente irreais e até por vingança do patrão, que tanto lhe vez mal, enquanto trabalhou na ‘firma’.

Hoje homenageio os engenheiros e técnicos de segurança do trabalho lançando o Papo-furado, podcast de segurança do trabalho, que completa a trilogia do Prevenir Sempre Pod

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Hoje, convido meus leitores a ouvirem o primeiro episódio do Papo-furado, que fiz com minha querida Dorothea Piratininga, que pensa que não entende nada de segurança do trabalho, mas entende sim, muito mais do que muita gente.

CLIQUE NO PLAY DO THUMBNAIL ABAIXO E OUÇA

Trabalhadores da mineração não querem apenas salários, querem saúde e segurança

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A mineração é um dos setores mais importantes da economia brasileira, já que a extração de minérios está associada às questões de desenvolvimento do País ao longo de sua história. Outro fato relevante é que a mineração contribui para a criação de empregos diretos e indiretos, pois oferece matéria-prima para diversos tipos de indústria.

Construção civil: emprego com EPC, o resto é quimera

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Felizmente, este ano estamos acompanhando o renascimento da atividade da construção civil de forma significativa em certas regiões do País, especialmente em São Paulo. Isso resulta na melhora do emprego na indústria da construção, com a contratação de trabalhadores nos canteiros de obras. Ufa! Essa é sem dúvida uma boa notícia,

Rotina estressante dos bancários propicia o surgimento de doenças

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Os tempos são realmente outros. De um modo geral, as pessoas fazem suas transações bancárias pela Internet, no chamado home banking. Eu, que sou das antigas, prefiro ir a uma agência bancária mais próxima. E o que tenho presenciado? Sou muito bem tratada pelos bancários que me atendem.