• Vakinha
    Vakinha
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

Setor agropecuário continua salvando a pátria e, melhor, com destaque à segurança dos trabalhadores rurais

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Nova NR 31 para segurança do trabalhador rural (Foto Pixabay)

Mesmo que a Seita da Terra Parada, como diz o jornalista e escritor Guilherme Fiuza, tenha imposto uma quarentena sem embasamento científico, a cúpula de servidores da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), vinculada ao Ministério da Economia, manteve a Comissão Tripartite Paritária Permanente (CTPP) trabalhando.

A comissão tem o papel de discutir temas referentes à segurança e à saúde no trabalho, em especial às Normas Regulamentadoras. E o mais recente resultado desse trabalho foi a publicação, em 27 de outubro, da Portaria 22.677, que aprova a nova redação da Norma Regulamentadora nº 31 (Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aquicultura).

No Brasil, onde o setor agropecuário foi o único da economia com crescimento na pandemia, segundo o IBGE, cuidar das relações de trabalho entre empresa e empregado é mais do que urgente. Portanto, a nova NR 31 vai ao encontro da melhor forma de planejar o desenvolvimento das atividades do setor com a prevenção de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho rural.

Acho salutar que a preocupação com a saúde e segurança dos trabalhadores desse segmento tenha estado em pauta mesmo durante a pandemia. O Anexo I da Portaria referente à NR 31 detalha itens sobre: Programa de Gerenciamento de Riscos no Trabalho Rural; Serviço Especializado em Segurança e Saúde no Trabalho Rural; Comissão Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho Rural; Medidas de Proteção Pessoal; Ergonomia; Transporte de Trabalhadores; Instalações Elétricas; Segurança no Trabalho em Máquinas, Equipamentos e Implementos; Secadores, Silos e Espaços Confinados; Trabalho em Altura; Condições Sanitárias e de Conforto no Trabalho Rural; entre outras.

CLIQUE NO PLAY DO THUMBNAIL ABAIXO E OUÇA O PROGRAMA ‘RESPIRAR SEM ERRAR’ COM O TRIO EMILY SOBRAL, DOROTHEA PIRATININGA E EDUARDO ELIAS. 

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.</a

Proteção rigorosa contra os riscos químicos em trabalhadores

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Vamos lá explicar, sem delongas, sobre os riscos químicos aos trabalhadores que laboram em indústrias, que podem resultar em doenças e até acidentes. Mas, primeiramente, quais seriam os tipos de indústria com maiores riscos químicos?

As de fabricação de cloro e álcalis intermediários para fertilizantes,

Inspecionar as correntes da empresa é questão de segurança

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A revolução industrial, iniciada na Inglaterra no século XVIII, deu início à substituição das ferramentas manuais pelas máquinas nas fábricas. De lá até os dias atuais, muita coisa evoluiu, chegando à indústria 4.0. Mas não há máquina utilizada nos sistemas produtivos que não precise de manutenção e inspeção para manter a performance,

Escada pressurizada: saída inteligente contra o fogo

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A prevenção contra incêndios em edifícios verticais requer a instalação de inúmeros sistemas e medidas. Normalmente, quando o sinistro acontece, as pessoas saem correndo pela escada, porque ninguém é louco de esperar o elevador chegar ao andar, não é mesmo? Mas quando o fogo começa a tomar grandes proporções e a fumaça invade as escadas,

Relações de trabalho ideias para o não adoecimento mental: quais serão?

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O problema do mundo com a famigerada pandemia do ‘vírus chinês’ é que a economia foi para a lona. Daí, a consequência óbvia é que o desemprego e a pobreza aumentaram.  Sem dúvida, o trabalho tem um valor psicológico e financeiro importantíssimo.  Mas, como há complexidade nas relações humanas e profissionais,

Ênfase nas principais alterações da NR 7

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Como ainda estamos no ano em que o Ministério da Economia aprovou a nova redação da Norma Regulamentadora nº 7 (início de 2020), que trata do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional – PCMSO, obrigatório às empresas, e muitas dúvidas permanecem, seleciono alguns esclarecimentos.

Primeiramente,

Mantenha a SIPAT na programação anual

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Sabemos que a pandemia da Covid-19 colocou o planeta de pernas por ar. Mas, acreditemos que o pior já passou, especialmente no Brasil. Por que faço essa introdução? Ora, as empresas precisam continuar produzindo e os empregados, trabalhando, não é mesmo? E as obrigatoriedades em relação às medidas de segurança do trabalho também devem ser retomadas,

Construtora séria cumpre com suas responsabilidades

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Escavadeira, bate-estaca, furadeira e lixadeira são os principais equipamentos responsáveis pelos barulhos e ruídos estridentes dentro de um canteiro de obra. Morar perto de uma construção em andamento é, com certeza, passar raiva pelos sons permanentes. Se para o vizinho que escuta distante, imagine para o operário que,

Não perca o webinar amanhã com especialistas em detecção de gases, segurança industrial e proteção contra incêndio

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Este ano é para ser esquecido por causa do lockdown que os gestores públicos mundiais decretaram para que fosse possível desacelerar a propagação do Covid-19.

As consequências da quarentena foram lamentáveis sob o aspecto econômico, aumentando a pobreza e a quebra de empresas. Mas devemos esquecer o medo,

NR 18, atualizada aos tempos modernos

Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A revisão das normas regulamentadoras diminuiu de ritmo por causa do ‘vírus chinês’, obviamente. Mas já há NRs atualizadas e com seus textos indo ao encontro do mundo novo e tecnológico.

Exemplifico com a NR 18, que trata das condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção.