• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg

É possível prevenir-se contra as doenças ocupacionais

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Risco ergonômico (Foto Pixabay)

Em segurança do trabalho há uma palavra mágica: prevenção. Sim, sempre é possível prevenir doenças e acidentes ocupacionais.

Quando um empregado adquire uma enfermidade decorrente de sua atividade profissional é porque há uma interligação entre a doença e a atividade executada. Por exemplo, um trabalhador que faz transporte de cargas pesadas, com uso da força, pode desenvolver uma hérnia de disco, que começa com dores nas costas. Se a empresa desse empregado não analisa os riscos e não promove ações preventivas, muitos outros profissionais da equipe podem desenvolver as chamadas doenças osteomusculares. Essas também são conhecidas com lesões por esforço repetitivo (LER), e entre as causas estão os movimentos repetitivos e as posturas incorretas.

Nesse caso, uma empresa séria, que respeita as normas de segurança de trabalho, deverá providenciar medidas preventivas, que envolvem a adequação do mobiliário, redução da necessidade do número de repetições; pausas e exercícios preparatórios e compensatórios. Outra doença ocupacional bastante recorrente refere-se aos transtornos auditivos, especialmente a perda auditiva, que têm como causas a exposição excessiva a ruídos e o trabalho com produtos químicos, como tinner, xileno e similares, que também produzem as patologias auditivas. Ora, para prevenir a perda auditiva dos trabalhadores, a empresa precisa investir, primeiramente em proteção coletiva com isolamento das fontes de ruído, além da entrega de protetor auditivo, assim como ventilação exaustora e/ou isolamento dos processos com uso de solventes. E também o uso de máscaras de proteção.

Portanto, prevenir sempre pode. E deve.

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.

Trabalhador rural não quer só aposentadoria, quer saúde e segurança

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Os trabalhadores rurais serão poupados na reforma da Previdência em discussão ontem no Congresso. Obviamente, novas regras vão ser necessárias, até para evitar fraudes, pois quem é honesto não é a favor de falcatrua, não é mesmo? Mas um procedimento já está previsto para o ano que vem,

É um prazer estar com vocês, ouvintes do Prevenir Sempre Pod!

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Queridos leitores, estou alçando novos voos com o público. Agora, terei também ouvintes! Teremos, pois com o lançamento do PrevenirPremprePod, o podcast de segurança do trabalho e extensão deste blog, estarei muito bem acompanhada, com Dorothea Piratininga e Eduardo Elias, da Elias Proteção.

Hierarquia no Sesmt

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Entre as especulações sobre as mudanças das normas regulamentadoras (NR) no governo Bolsonaro está a NR 4, que criou o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT).

Quem trabalha com segurança do trabalho, com certeza, precisa referir-se ao Sesmt muitas vezes por mês.

Você não pode perder o debate nacional sobre a nova SST. Mas fiquem tranquilos, estarei lá!

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Queridos leitores, no dia 13 de junho, saúde e segurança do trabalho vão estar na Globo! Será? “Não se avexem”, pois se a grande imprensa não se interessar em cobrir o debate nacional sobre a nova SST, estarei lá para acompanhar todas as discussões,

Familiares das vítimas da boate Kiss aguardam decisão do STJ, para que culpados sejam julgados por júri popular

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O caso da boate Kiss continua nos tribunais, e sinto-me na obrigação de apresentar meu parecer sobre a tragédia que vitimou tantos jovens, pois este blog tem uma categoria de segurança e proteção contra incêndio.

A boate tinha inúmeras irregularidades, que demonstravam que seus donos não prezavam pela segurança do local.

eSocial tem mudanças programadas, que aguardam decisões do Ministério da Economia

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Um dos temas mais divulgados e esperados pelos gestores de SST é a implantação do eSocial, novo sistema de prestação de informações ao Governo Federal. O objetivo com a plataforma digital é tornar os processos dentro das empresas mais transparentes e menos complicados.

Por que as mortes por acidente de trabalho voltaram a crescer no Brasil?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O que mais incomoda é ver o Brasil dando passos à frente, para depois vê-lo retroceder em seus avanços. Na área de segurança do trabalho, o País vinha reduzindo o número de mortes por acidente de trabalho. Só que após cinco anos em queda,

Gestantes estão livres pelos paladinos do STF de trabalhar em local insalubre

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Como a maioria dos brasileiros, também tenho inúmeras restrições às decisões do Supremo Tribunal Federal (STF). Os onzes togados acham-se acima do bem e do mal, comem lagostas com nosso dinheiro e, pior, nos últimos tempos decidiram legislar, o que é apenas uma prerrogativa do poder legislativo.

Operador de telemarketing precisa de atenção contra os riscos do trabalho

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Trato mal os operadores de telemarketing que me ligam para vender algum produto que não tenho nenhum interesse em comprar. Sei que não é uma atitude correta, mas como a maioria das pessoas, também não gosto de ser incomodada a todo o tempo, insistentemente.