• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg
  • Santista
    Santista

Patrões e empregados têm responsabilidades com a segurança no ambiente de trabalho. É óbvio? Parece que não

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Hoje gostaria de lhes sugerir um tema para reflexão.

Escrevo aqui para os trabalhadores que querem cada vez mais ter direito à segurança e saúde do trabalho — e, claro, para os profissionais responsáveis em promover tais medidas de prevenção de acidentes de trabalho.

Prevenção contra o câncer ocupacional será discutida por grupo tripartite

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Finalmente o Ministério do Trabalho formou um grupo tripartite (governo, empregadores e empregados) para agir contra o câncer que é ocasionado por substâncias processadas nos ambientes ocupacionais. O objetivo é que até o final do ano sejam apresentadas propostas com medidas e procedimentos de prevenção à exposição de trabalhadores a agentes cancerígenos.

Estabilidade de emprego ao membro da CIPA que cumpre aviso prévia, pode?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Não é novidade que a estabilidade de emprego conferida aos membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) é um grande atrativo aos funcionários. A CIPA é formada por trabalhadores eleitos, conforme determina a norma regulamentadora 5, do Ministério do Trabalho. Os ‘cipeiros’ têm direito a estabilidade de um ano após o término do mandato.

eSocial SST cria nova linguagem de saúde e segurança do trabalho

Hoje, sexta-feira, continuo achando um excelente dia para tirar folga. Até porque, quem me substitui é Leandro Melero, analista de segurança do trabalho na Porto Seguro, consultor especialista em segurança do trabalho e eSocial, além de palestrante. Melero também é idealizador do canal de Youtube “Melero Channel” sobre saúde e segurança do trabalho. Queridos leitores,

Justiça condena empresa de seguro por dano moral, que chamou empregada de galinha caipira

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Se não fosse tão ultrajante, seria até engraçado. Mas, evidentemente, não podem ser divertidas as atitudes que ofendem, inferiorizam e amedrontam um ser humano, especialmente no ambiente laboral.

O local de trabalho pode ser leve, amigável e feliz, sem ser desrespeitoso,

Alojamento: longe de casa e perto do emprego, com segurança e dignidade

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

No País, há setores produtivos como engenharia civil, de grandes obras de infraestrutura, construção de hidrelétricas, linhas de transmissão e plataformas de petróleo que são executadas afastadas dos centros urbanos e até mesmo em locais inóspitos, podendo levar meses e anos para serem concluídos.

Dúvida sobre o LTCAT? Fique, não, nós respondemos, sem bolodório

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Fazer gestão das empresas na área de segurança do trabalho, para que medidas possam ser previamente tomadas, não é algo tão simples.

Primeiramente, para que tudo esteja legalmente em ordem, é preciso seguir normas regulamentadoras. Em SST, há 36 NRs. É também preciso conhecê-las e interpretá-las.

Falta de PCMSO resulta em autuações pelo Ministério do Trabalho

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Empresa que não se preocupa com a saúde e segurança do trabalhador está em todo lugar, lamentavelmente. Mas, no Estado de São Paulo, o número de autuações por não cumprimento das normas de segurança superou o de outros estados brasileiros. Em 2017, das 78,3 multas aplicadas pelo Ministério do Trabalho,

Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho: o blog adverte que, em segurança do trabalho, o que vale é a prevenção

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Em meados de 1994, o eletricista de manutenção Wesley Almeida perdeu os dois braços durante um acidente de trabalho. Ao testar o disjuntor com o circuito reenergizado, ele levou um choque elétrico de 3 mil volts, que mudou sua vida. Segundo conta num vídeo no youtube,

Ministro do Trabalho já foi autuado pelo Ministério do Trabalho. Isso pode, Arnaldo?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Hoje não venho para analisar, mas para mostrar as particularidades que só o Brasil é capaz de produzir no âmbito da política. Agora, pergunto para, finalmente, abordar a categoria de saúde e segurança do trabalho: como pode o recém-empossado ministro do Trabalho, Caio Luiz de Almeida Vieira de Melo,