• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg
  • Santista
    Santista

Instalação de hidrantes em SP: agora quem paga somos nós

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

“É fácil dar esmola com chapéu alheio”. Mais uma vez o poder público, que há muito não cumpre com suas obrigações constitucionais, ri da população.

Eu choro, porque não aceito a chacota que os políticos insistem em fazer. O que me revolta,

Quanto mais alto o PIB, mais acidentes em Mato Grosso. Incoerências do capitalismo tupiniquim

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Pois é… De janeiro a setembro do ano passado, a economia do estado do Mato Grosso cresceu 13,9%, enquanto a atividade econômica nacional registrou um aumento de apenas 0,6% no mesmo período.

No acumulado dos últimos quatro trimestres de 2017 em relação aos períodos anteriores,

Petrobras precisa de gestão responsável, inclusive de segurança de seus trabalhadores, pois os acidentes continuam acontecendo

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

 

Mais uma vez a Petrobras vira o centro das atenções. Primeiramente, porque foi tomada de assalto pelos governos petistas. Mas a Lava Jato enquadrou os dirigentes, escolhidos pelos políticos da base dos governos de Lula e Dilma, levando-os à prisão ou forçando-os às delações premiadas.

É possível haver segurança em atmosferas explosivas desde que os requisitos normativos sejam utilizados

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

As explosões registradas em plantas das indústrias de diversos setores ocorrem em locais onde há presença de atmosferas explosivas na forma de gases e vapores inflamáveis ou poeiras combustíveis. Esses locais são chamados de áreas classificadas, em que a presença de oxigênio em contato com fontes de ignição,

Trabalhador sabe que deve usar capacete, máscara e luvas, mas, e os pés? Nunca pensa nisso

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A proteção dos pés de trabalhadores é coisa séria, ainda que a maioria das pessoas não dê atenção para eles. Mesmo quando estão em ambientes de risco, as pessoas não pensam em proteger os pés. Se houvesse mais preocupação com isso, acidentes que ferem,

Uberlândia reduz acidentes de trabalho: ó só que trem bão

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Bão pá daná é a notícia que vem lá de Uberlândia, das Minas Gerais: nos últimos 5 anos, os números de afastamentos previdenciários devido a acidentes de trabalho vêm diminuindo.

Entre 2012 e 2017, os casos caíram 40%, e de 2016 para 2017,

Vem aí 2o encontro sobre atmosferas explosivas

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Ao longo dos dois últimos anos, escrevi diversos textos para a categoria de áreas classificadas deste blog, para alertar sobre os riscos de explosão em indústrias. Além de expor às pessoas sobre o tema para que saibam da necessidade de prevenção contra explosão em atmosferas explosivas,

Trabalhador, diga não à hipertensão!

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O dia de trabalho foi estressante, pois seu chefe o espremeu como um limão para fazer suco? Cuidado, então, com a pressão arterial!

De acordo com dados da Previdência Social, de 2013 a 2017, houve 67.111 afastamentos de trabalhadores por hipertensão no Brasil.

“Jeitinho” em trava quedas é burrice e pode ser fatal

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Os andaimes suspensos estão por todas as obras do País, pois permitem o acesso dos trabalhadores a locais altos e de difícil acesso. Olhando os andaimes das construções brasileiras constata-se que todos os trabalhadores estão usando cinturarão paraquedista e trava quedas conforme exige o Ministério do Trabalho.

Revista íntima nas empresas gera indenizações aos trabalhadores que passam por esse constrangimento

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A revista íntima imposta a visitantes de presidiários no Brasil é vexatória, há muito contestada por organizações dos direitos humanos. A prática consiste em exigir que as visitas de presos fiquem nuas e agachem-se para inspeções no órgão genital. Já há algumas leis estaduais,