• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg
  • Santista
    Santista

19 de setembro: cobras e serpentes expõem trabalhadores rurais ao risco de acidente

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Não vou deixar as cobras pra lá, porque acidentes por picada venenosa matam. Neste post sugiro marcar na agenda o dia 19 de setembro, data que já passou, e, claro, não se tornou viral nas redes sociais, nem como piada ou por alerta de conscientização.

Programa de recuperação de trabalhador dependente em álcool previne acidentes e demonstra responsabilidade social da empresa

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Quem não sabe que os operários da construção civil gostam de tomar um goró? Afinal, são as contas a pagar, os pepinos em casa com dona ‘encrenca’, juntamente com as crianças, e o chato do supervisor que abusa do poder, com cobranças feitas de maneira grosseira.

Trabalhador, diga não à hipertensão!

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O dia de trabalho foi estressante, pois seu chefe o espremeu como um limão para fazer suco? Cuidado, então, com a pressão arterial!

De acordo com dados da Previdência Social, de 2013 a 2017, houve 67.111 afastamentos de trabalhadores por hipertensão no Brasil.

Fala um especialista sobre a tecnologia anti explosão: “o usuário deve contratar o projeto completo, que contemple variados sistemas”

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

“Não há como prevenir explosão seguida de incêndio” é o tipo de frase que um responsável por segurança industrial não deve falar nunca.  Afinal, as medidas de prevenção são o ponto de partida dos investimentos das indústrias com ambientes com atmosferas explosivas. Além disso,

Trabalhar demais é prejudicial ao coração, conclui pesquisa. Será?

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Hoje repercuto uma matéria divulgada no jornal digital Nexo, sobre uma pesquisa publicada no European Heart Journal, que conclui que o trabalho em excesso faz mal ao coração.

Segundo o estudo, laborar por longas jornadas aumenta em mais de 40% as chances de um trabalhador desenvolver arritmia cardíaca,

Médicos e enfermeiros estão sob pressão

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

No Brasil, o estado de calamidade em que vive a área da saúde parece ser um poço sem fundo. Em cada canto do País, os pacientes são as primeiras vítimas do péssimo atendimento, pois o Serviço Único de Saúde (SUS) não proporciona as condições necessárias para que os profissionais possam fazer seu trabalho,