• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg
  • Santista
    Santista

Projeto Fadigômetro não quer piloto de avião dormindo no ar

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Projeto contra a fadiga de pilotos e comissários de bordo (Foto Pixabay)

Alguém aí já tinha ouvido falar em Projeto Fadigômetro? Além de pioneiro, entendo ser altamente relevante para a prevenção de grandes tragédias aéreas. Quem não tem medo de avião, teria coragem de voar sabendo que o piloto está há 24 horas sem dormir? Eu, nem pensar!

Pois bem, o Projeto Fadigômetro é financiado e desenvolvido numa parceria entre o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), Associação Brasileira de Pilotos da Aviação Civil (ABRAPAC), Associação dos Aeronautas da GOL (ASAGOL) e Associação dos Tripulantes da LATAM Brasil (ATL), e também conta com a colaboração de pesquisadores do Instituto de Física, Instituto de Biociências e Faculdade de Saúde Pública, da Universidade de São Paulo. Seu objetivo é criar um banco de dados sobre o estado de alerta das tripulações da aviação civil brasileira durante suas jornadas de trabalho.

A equipe fará o mapeamento estatístico da fadiga humana por meio de software numa amostra de conveniência da aviação civil brasileira, promovendo a identificação de perigos relativos à degradação do desempenho cognitivo, assim como determinando a exposição ao risco no modal aéreo brasileiro segundo as escalas de trabalho dos aeronautas.

O Projeto contemplará também a propositura de métodos para a análise do risco da fadiga e estratégias para sua mitigação. Os dados do estudo serão obtidos pelo envio espontâneo e anônimo das escalas de voo para uma plataforma web que irá armazenar os arquivos e convertê-los para um formato padrão compatível com o software de gerenciamento de fadiga humana SAFTE-FAST (Sleep, Activity, Fatigue and Task Effectiveness – Fatigue Avoidance Scheduling Tool). O algoritmo é baseado em um modelo biomatemático que leva em conta o processo homeostático, ritmos circadianos associados à atenção/vigília e à inércia do sono.

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.

Deixe uma resposta

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.