• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg
  • Santista
    Santista

Operário sem conhecimento de segurança corre mais risco de acidentes

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Operário precisa entender mais de segurança do trabalho (Foto Pixabay)

É impossível escrever sobre saúde e segurança do trabalho sem citar uma categoria que ainda é campeã em acidentes, a de construção civil. Ainda hoje, os operários de obra precisam receber informações constantemente para conhecerem os riscos e os cuidados a serem tomados durante suas jornadas de trabalho, e não ficarem expostos às ameaças de acidentes. Infelizmente, a informalidade do setor, mais fácil de ser vista em pequenos canteiros de obra, dificulta uma capacitação em grande escala para esses empregados.

Quem contrata a obra, empreiteiros ou mesmo engenheiros com registros no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) podem ser responsabilizados civil e penalmente se o pedreiro acidentar-se durante o expediente. Quer dizer, investir em ações de segurança e informação aos trabalhadores não deve ser negligenciado nem pelas pequenas e micro construtoras.  Na construção civil, as Normas Regulamentadoras (NRs) 18 e 35 que tratam, respectivamente, das diretrizes para a prevenção no meio ambiente da indústria da construção civil, e de segurança de trabalho em altura, são essenciais para manter a integridade física dos operários.

O cumprimento dos deveres legais na construção civil, que emprega uma mão de obra menos escolarizada, é vital, até mesmo porque a ausência de informações básicas pode causar acidentes com impactos para a continuidade das atividades, devido às possíveis fiscalizações e interdições do Ministério do Trabalho. Uma empresa responsável está apta a atender a legislação para evitar processos de acidentes de trabalho. A mão de obra da construção civil precisa de orientação e capacitação permanentes. Nesse setor, a conscientização da importância da segurança no trabalho precisa ser cada vez maior.

Agora você pode ler este post também na PATISEG, portal digital de prevenção de acidentes de trabalho, incêndio e segurança eletrônica.

Um Comentário

Deixe uma resposta

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.