• Extingue
    Extingue
  • Instituto Treni
    Instituto Treni
  • Portal PatiSeg
    Portal PatiSeg
  • Santista
    Santista

Hérnia inguinal vem bombando e afastando pelo INSS

Por Emily Sobral

Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Hérnia inguinal requer cirurgia (Foto Pixabay)

Vamos lá! Hoje dra. Emily (brincadeirinha) entra em ação para falar da hérnia inguinal. De acordo com dados do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), entre janeiro e dezembro de 2016, foram concedidos 48.554 auxílios-doença por hérnia inguinal. Como se pode ver, apesar de não ser muito conhecido, esse tipo de hérnia é comum e gera afastamentos. Logo, interessa-nos, pois empregados que trabalham carregando peso estão mais propensos a desenvolver a doença.

A hérnia inguinal caracteriza-se pela ocorrência de um deslocamento do conteúdo abdominal, em função de uma abertura natural ou acidental. O termo inguinal é devido ao conteúdo passar pela parede abdominal na região da virilha. Esse tipo de hérnia é mais comum em homens e pode ocorrer nos dois lados da virilha, estando muito relacionada à prática de atividade física em excesso. A pessoa pode também desenvolver a hérnia inguinal no próprio trabalho, dependendo da função que exerça, como por exemplo, um operário da construção civil que costuma carregar peso.

Além das tarefas ocupacionais, uma pessoa que trabalha num edifício vertical, que prefere subir as escadas em vez de usar o elevador, terá uma chance maior de sofrer com uma hérnia inguinal. Nesse caso, teoricamente o trabalho não demanda esforço, mas o fato de subir as escadas várias vezes, a levará a ter uma probabilidade maior. Já para um atleta profissional, que trabalha fazendo muito esforço físico, o risco é ainda mais elevado.

O sintoma clássico da hérnia inguinal é dor e inchaço (protuberância) na região da virilha. Basta olhar-se no espelho para perceber que se trata de hérnia inguinal. Mesmo sendo considerado um problema simples, a hérnia inguinal tem como único tratamento a cirurgia. A correção é importante e necessária, que pode ser por videolaparoscopia ou cirurgia convencional.

Aí explico melhor, já que este blog trata de saúde e segurança do trabalho, com suas decorrências. Quando o procedimento cirúrgico é convencional, o trabalhador precisará ficar afastado por mais tempo. Também se não foi pelo procedimento videolaparoscópico, significa que o tamanho da falha era maior, causando impacto na recuperação do paciente.  Como isso, em média, o trabalhador deverá ficar afastado das atividades profissionais por mais de 15 dias após a cirurgia. Porém, o período de recuperação pode chegar a 30 dias ou mais, dependendo do tipo de hérnia e do trabalho realizado pelo paciente.

Além disso, o repouso indicado pelos médicos diminui as chances de aparecimento de outras hérnias. Por exemplo, um motorista de caminhão não vai conseguir voltar às suas atividades tão precocemente como quem trabalha no escritório. Devido ao tempo de repouso, muitos trabalhadores acabam recebendo auxílio-doença da Previdência Social, uma vez que depois de 15 dias afastado do serviço, o contrato de trabalho fica suspenso, e o empregado passa a receber pelo INSS.

Se a hérnia for logo tratada, o trabalhador não precisa preocupar-se, pois sua capacidade de trabalho será mantida. Sem sequelas. Não é uma doença que incapacita. Agora, quanto mais se protela a ida ao médico, mais a patologia demorará em ser tratada e corrigida. Afinal, é ruim sentir dor e queimação na virilha, não é mesmo?

 

20 Comentários

  1. Luiz Eduardo Gentilli

    Há diferentes causas para a ocorrência de hérnia inguinal, que pode atingir um ou os dois lados da virilha. As causas mais frequentes são exercícios físicos em excesso, levantamento de peso constante e problemas congênitos. A doença é mais comum em homens, e no caso das mulheres, geralmente está associada à gravidez, que pode fragilizar a parede abdominal.
    Quando o volume do intestino deslocado é grande, a doença se torna perigosa, pois o órgão pode ficar preso e obstruído, chegando até a necrosar. O tratamento mais indicado é o cirúrgico.

    1. Layon

      Eu estou com hérnia inguinal bilateral e levanto muito peso no trabalho!! Eu vo ter direito a estabilidade de 1 ano quando voltar?

  2. Sílvio Luiz

    Eu tinha uma hérnia inguinal do bi-lateral que foi reparada por métodos convencionais. não tem jeito. tive que entrar na ‘faca’.

  3. Mirane

    Esse agravo quando em decorrencia do trabalho e que leva ao afastamento não é caso de registro de CAT? Se sim, em caso de afastamento de mais de 15 dias, com o registro da CAT o trabalhador não fica com seu contrato de trabalho suspenso.

  4. Fabiano junior

    Queria saber fiz uma cirurgia de ernia inguinal do lado direito o medico me deu 30 dias porem tenho outra ernia inguinal do lado direito ai o medico marcou retorno parA FAZER OUTRA CIRURGIA PRA 60 DIAS QUANTOS MESES ENTAO O PERITO DO INSS VAI ME DA DE AFASTAMENTO POIS ACABEI DE OPERAR E JA VOU FAZER A OUTRA QUANTOS MESES ENTAO FICAREI AFASTADO DO TRABALHO POIS COSTUMO PEGAR MUITO PESO

  5. Manoel

    Tenho um colega de trabalho, que fez uma cirurgia de hérnia inguinal esquerda correu tudo bem, o médico que à fez, com 30 dias disse que ele estava tudo nos conformes, que teria que me restringir de erguer pesos, procurar andar, não ficar muito sentado nem deitado; com um afastamento de 30 dias, sendo que após os 15 ele entrou no inss, com 43 dias fez a perícia, tudo ok foi encaminhado para o médico do trabalho, foi ai que começou, esse o afastou por 120 dias da função a qual exerce na firma (motorista), só que tem que permanecer e cumprir seu horário.
    Conclusão ele já dirigia seu carro desde que completou 15 dias após cirurgia ( liberado pelo médico cirurgião), a situação dele na firma fica complicada, ele foi atrás do 1º e do 2º médico e a decisão final ficou para o último.

  6. Renato

    Minha duvida e o seginte. Fiz uma cirurgia de hernia inguinal e o medico me deu um atestado de 30 dias. 15 dias recebi da fazenda onde trabalho e dai pra frente fiquei por conta do inss. Mais vai demorar un tempo pra passar na pericia e minha duvida é… Eu preciso renovar atestado medico ate o dia que chegar minha pericia?

  7. Carlos Fonseca

    Boa noite pessoal, minha duvida é o seguinte fiz uma operação de hernia umbilical a 4 meses, meu medico falou que a recuperação seria rápida, sim ate foi mas saindo do do hospital um dos lados estava mais inchado que outro agora apos 4 meses voltei a fazer o ultra som e foi verificado que tem uma hernia novamente, na minha primeira operação não entrei no INSS fiz na minhas ferias agora terei que fazer novamente, qual seriam os primeiros passos para entrar no INSS obrigado

  8. silvia desiree

    sou autonoma pago inss , trabalho com costura , fico sentada e carrego peso tenho hernias uma epigastrica e inguinal bi lateral , devo entrar com o pedido de auxilio doença antes de conseguir a cirurgia pois esta ira demorar p sair pois é pelo sus , ja nao aguento mais trabalhar minhas hernias estao num estagio meio critico e mesmo com urgencia as cirurgias demorarao a sair

    1. Luana

      Boa noite, sofri um acidente a 11 anos atrás fiz a retirada do baço e na cirurgia eles me abriu de ponta a ponta barriga inteira. A 4 anos operei novamente retirei as hérnia na cicatriz inteira, fiquei por 30 dias e voltei a trabalhar, como não tenho laudo volto fazendo o meu mesmo serviço. Hoje dia 10/05 eu voltaria a trabalhar porque mas uma vez eu precisei refazer a cirurgia a hernia voltou tive que passa pelos mesmo procedimento porém desta vez a musculatura abdominal estava rompida. Fiz uma hernioplastia inguinal estou novamente operada 30 dias de atestado CID K42. Porém ao retorna ao médico ele me deu um novo atestado CID Z54.0 eu ainda nao fui na perícia do primeiro, estou morrendo de dor a perícia ainda é dia 05/06 meu segundo atestado já vai está acabando, ele acaba dia 10/06 e somente dia 16/05 que irei na prefeitura pra então agendar a perícia do INSS para entrar com o 2 atestado enquanto isto eu volto a trabalhar. Ou no dia 05/06 que irei para resolver o 1 atestado eu explico a situação. A médica alegou que se por infelicidade eu precisar passar por mas esta cirurgia minha musculatura não ira aguentar. Mas o que eu faço se eles sempre me libera para trabalhar, eu preciso trabalhar mas primeiro eu preciso da minha saúde meu caso é muito grave.

  9. Maria

    Fiz uma cirurgia de enquinal o médico me afastou 15 dia. A. Empresa me pagou…no retorno ao médico ele me afastou mas 30 dias dei entrada no INSS. Volto a trabalhar dia 2…a perícia e dia 7. Será que recebo do INSS??

  10. jussara

    Bom dia!!! Tenha uma funcionaria que passou por uma cirurgia de hernia, e o medico deu atestado de 15 dias, o retorno ao medico sera dia 24, mas ja marcou a pericia que sera realizada em outubro nesse periodo ela deve voltar ao trabalho, ou aguardo um novo parecer do medico.

  11. Rodrigo de Souza Alves

    Eu estou com ernia inguinal mas estou de férias eu costumo pegar peso e subir muito escadas no meu trabalho eu percebi agora nas férias o que posso fazer a empresa pode me mandar embora depois que comunicar a eles isso

Deixe uma resposta

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.